Sbado, 08 de Agosto de 2020 |

Você Lembra?

1421 - CELSO AUGUSTO

Por Redação em 03 de Maio de 2019


Celso Augusto, o nosso entrevistado nesta edição, foi um bom lateral direito com marcantes passagens por vários clubes de diversos estados brasileiros. O seu nome completo é Celso Augusto Alves Pereira, sando gaúcho natural de São Leopoldo, onde nasceu no dia dezessete de agosto de 1953. Iniciou suas atividades esportivas no Brasil de Pelotas em 1970.Depois de uma passagem pelo Grêmio Bagé, em 1975 foi contratado pelo Grêmio. A equipe tricolor jogava com Picasso; Celso Augusto, Tadeu Vieira, Beto Fuscão e Bolivar; Cacau, Iura e Neca; Zequinha, Tarciso e Nenê. No ano seguinte foi atuar no Operário de Campo Grande-MS. Em 1977 foi para o futebol mineiro defender o América. A equipe do “ Coelho” jogava com Zé Mauricio, Celso Augusto, Marcelo, Beto e Fernando; Ananias, Zé Ronaldo, Paulinho; Coquinho, Aguilar e Paim. No ano seguinte o América atuava com Zé Mauricio: Celso Augusto, Pedro Paulo, Beto e Ananias; Gersinho e Celso Freitas; Luiz Carlos, Geraldo, Jorge Nobre e Reis. Em 1979 a equipe americana ia a campo com Hélio; Celso Augusto, Vâner, Magela e Lucinho; Luiz Carlos Gaúcho e Maneca; Vagner, Célio, Osmarzinho e Marco Antônio Nogueira. Em 1981 Celso Augusto foi para o futebol pernambucano contratado pelo Santa Cruz, que era escalado com Wendell; Celso Augusto, Silva, Marcão e Toinho; Isidoro e Betinho; Baiano, Amilton Rocha, Osmir e Joãozinho. Depois de uma passagem pela Portuguesa de Desportos, Celso Augusto retornou para o futebol gaúcho, pois foi contratado pelo Aimoré de sua cidade natal. O “Indio Capilé” atuava com Joceli; Celso Augusto, Neurilene, Tadeu Vieira e Paulo Omar; Vitor Hugo, Ricardinho e Tonho; Luiz Freire, Luiz Fernando Gaúcho e Anchieta. No ano seguinte continuou no Vale dos Sinos, pois foi contratado pelo Novo Hamburgo, que era escalado com Marquinhos; Celso Augusto, Neurilene, Solis e Luiz; Palmito, Marco Faria e Zé Luiz; Zé Melo, Bizu e Anchieta. No ano seguinte permaneceu no “Nóia” integrando uma equipe que ia a campo com Marquinhos; Celso Augusto, Bob, Norberto e Luiz; Ben Hur, Robson e Valdo; Caio, Bizu e Anchieta. Em 1987 foi para o futebol paulista defender a Inter de Limeira. Finalmente no ano seguinte retornou para o Aimoré para encerrar a sua movimentada carreira como atleta de futebol. Celso Augusto considera que Telê Santana, Enio Andrade, Nelsinho Batista, Pepe, Mário Juliato e Candinho foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo. Os melhores laterais direitos que viu em ação foram Nelinho, Getúlio, Leandro, Raul e Eurico. Os ponteiros que lhe deram mais trabalho para serem marcados foram Joãozinho, Mário Sérgio, Éder, Lula, Loivo e Romeu. O seu gol inesquecível foi consignado no jogo Grêmio Bagé 1 X Atlético Carazinho 0. Os seus ídolos nos gramados são Bolivar (pai), Ancheta e Kita. Hoje Celso Augusto reside em São Leopoldo onde exerce as atividades de Professor de uma Escolinha de Futebol. Assim, resgatamos a história futebolística de Celso Augusto Alves Pereira, que inegavelmente foi um excelente lateral direito com marcantes passagens por vários clubes brasileiros.

COMENTÁRIOS ()