Quarta-Feira, 05 de Agosto de 2020 |

Você Lembra?

1441 - DITO COLA

Por Redação em 20 de Setembro de 2019


Dito Cola, o nosso entrevistado nesta edição, foi um bom meia cancha com marcantes passagens por vários clubes de diversos estados brasileiros. O seu nome é Bendito de Assis, sendo mineiro natural da cidade de Ouro Fino, onde nasceu no dia vinte e três de outubro de 1948.Iniciou suas atividades esportivas no Atlético Mineiro em 1968. No ano seguinte foi para o São Paulo da capital paulista. Em 1970 foi para o Iguaçu, onde permaneceu até 1973. Em 1974 foi contratado pelo Coritiba que jogava com Ladel; Humberto, Irã, Levi Culpi e Nilo; Osmarzinho, Lourival e Dito Cola; Hélio Pires, Tião Abatiá e Kruger. No ano seguinte foi para o Figueirense que atuava com Nilson; Pinga, Nelson, Almeida e Casagrande: Sérgio Lopes, Dito Cola e Zé Carlos; Toninho e Volmir. No mesmo ano defendeu o Inter de Lages que formava com Luiz Fernando; Moura, Pedro, Oliveira e Mário José; Eduardo, Dito Cola e Gaspar; Ademir, Parraga e Silvinho. Em 1976 retornou ao Figueirense que era escalado com Nilson; Pinga, Nelson, Vicente e Casagrande; Moacir, Dito Cola e Zé Carlos; Marco, Luiz Antônio e Caco. Em 1977 retornou ao futebol paranaense contratado pelo Colorado que ia a campo com Célio; Zé Antônio, Silveira, Ari e Nenê; Marinho, Dito Cola e Edu; Buião, Cândido e Ali. Ainda em 1977 defendeu o Operário de Campo Grande que atuava com Zé Luiz; Paulinho, Nelson. Silveira e Escurinho II, Edison, Dito Cola e Marinho; Tadeu, Everaldo e Peri. A seguir defendeu o Colorado novamente, Blumenau, Volta Redonda, Blumenau, Pato Branco para encerrar sua movimentada carreira como atleta de futebol no Blumenau em 1981. Dito Cola considera que Elba de Pádua Lima, o Tim, Armando Renganeschi, Carlos Castilhos, Paulo Alves, Edgar Ferreira, Lauro Búrigo, Diede Lameiro e Aúreo Malinverni foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo. Os melhores meias canchas que viu em ação foram Batista, Paulo César Carpegiani, Rivelino e Sérgio Lopes. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo Atlético Mineiro X Figueirense no Mineirão no Brasileirão de 1975. Os seus ídolos nos gramados são Larry, Volmir, Bráulio, Falcão, Pulo César Carpegiani, Tovar, Batista, Hidalgo e Sérgio Lopes. Assim, resgatamos a hiistória futebolística de Benedito de Assis, o Dito Cola, que inegavelmene foi um, bom meia cancha com marcantes passagens em vários clubes de diversos estados brasileiros.

COMENTÁRIOS ()