Sbado, 31 de Outubro de 2020 |

Você Lembra?

1451 - DAMA

Por Redação em 06 de Dezembro de 2019


Dama, o nosso entrevistado nesta edição, foi um bom zagueiro, com marcante atuação no futebol paulista. Iniciou suas atividades na Ferroviária de Araraquara, que em 1976 jogava com Rodolfo; Nenê, Mauro Pastor, Dama e Nonoca; Orlando, Donato e Zé Roberto; Paulo Santos, André e Marcio Fernandes. No ano seguinte foi contratado pelo Corinthians que jogava com Waldir Peres; Edson, Luiz Cláudio, Dama e Dida; Biro Biro, Everton e Dicão; Jorginho, Edmar e João Paulo. No ano seguinte o “Timão” era escalado com Ronaldo; Wilson Mano, Marcelo, Dama e Dida; Marcio, Biro Biro e Gilberto Costa; Paulinho Carioca, Marcos Roberto e João Paulo. Em 1989 o clube do Itaquerão ia a campo com Ronaldo; Wilson Mano, Jorge Luiz, Dama e Denys; Marcio, Tosin e Neto; Eduardo, Viola e João Paulo. Finalmente em 1990 no seu último ano como atleta do “Coringão” integrava cum time com Dagoberto; Giba, Dama, Guinei e Vagner; Marcio, Jairo e Neto; Fabinho, Valmir e Tupanzinho. Posteriormente defendeu o São José de São José dos Campos, Rio Branco de Vitória, Espírito Santo e no Catanduva. Dama, cujo o nome completo é José Eduardo de Souza é natural de Brotas, onde nasceu no dia oito de abril de 1965. Ele considera que Ênio Andrade foi o melhor técnico que teve a orientá-lo. Os melhores zagueiros que viu em ação foram Mauro Galvão, Amaral, Oscar e Mozer. Os melhores atacantes que enfrentou foram Careca, Serginho Chulapa, Cláudio Adão e Romário. O seu gol inesquecível foi marcado no clássico Corinthians X São Paulo. Os seus ídolos nos gramados são Sócrates, Basilio, Biro Biro e Palhinha. Hoje Dama reside em Araraquara onde exerce as atividades como funcionário do Clube Atlético Araraquara. Assim resgatamos a história futebolística do José Eduardo de Souza, o Dama que foi um zagueiro que marcou presença no futebol paulista nas décadas de oitenta e noventa.

COMENTÁRIOS ()