Sexta-Feira, 07 de Agosto de 2020 |

Você Lembra?

1462 - MÁRCIO

Por Redação em 06 de Março de 2020


Ao longo dos anos o Brasil de Pelotas sempre teve em sua equipe bons meias canchas como Caçapava, Birinha, Gilnei, Doraci, Andrézinho e Márcio, o nosso entrevistado nesta edição, entre outros. O seu nome completo é Márcio Joel Nunes, sendo natural da cidade catarinense de Sombrio, onde nasceu no dia dezessete de setembro de 1958. Iniciou suas atividades esportivas no Palmeiras de Blumenau. Posteriormente defendeu o Rio Verde de Goiás, Rio Preto de São Paulo, Atlético Goianense. Em 1984 veio para o futebol gaúcho contratado pelo Brasil de Pelotas que jogava com Gilberto; Valdoir, Silva, Hélio e Chico Fraga; Doraci, André e Márcio; Junior Brasília, Lívio e Zezinho. No ano seguinte o “Xavante” atuava com Álvaro; Bastos, Silva, Amauri e Jorge Batata; Doraci, André e Márcio; Canhoto, Gilson e Zezinho. Posteriormente Márcio retornou ao Rio Preto. A seguir atuou no Araranguá, Santa Cruz da “Capital do Fumo”, para encerrar no Sombrio de sua cidade natal em 1992. Marcio considera que Luiz Felipe Scolari, o Felipão foi o melhor técnico que teve a orientá-lo. Os melhores meias canchas que viu em ação foram Lívio, André, Valdo do Grêmio, Ruben Paz, Valtair do Atlético Goianense e André do Rio Preto. Os melhores volantes que enfrentou foram o Junior do Flamengo carioca, Caçapava e China. O seu gol inesquecível foi consignado no jogo Palmeiras de Blumenau X Marcilio Dias. Marcou um golaço com um chute do meio do campo. Os seus ídolos nos gramados são o atacante Bira do Brasil de Pelotas e Renato Gaúcho. Hoje Marcio reside em Sombrio, onde exerce as atividades de Professor de Educação Física. Assim, resgatamos a história esportiva de Márcio Joel Nunes, o Márcio que foi um bom meia cancha que marcou presença em vários clubes de vários estados brasileiros.

COMENTÁRIOS ()