Sexta-Feira, 04 de Dezembro de 2020 |

Você Lembra?

1487 - AMAURI

Por Redação em 04 de Setembro de 2020


A família Hickmann deu ao futebol gaúcho três excelentes jogadores. Foram eles o Cléo (Você Lembra? número 35) , o Sílvio ( Você Lembra? número 254) e o Amauri, o nosso entrevistado nesta edição. Amauri foi um bom lateral direito que iniciou suas atividades no Avenida em 1979. No ano seguinte veio para as divisões inferiores do Inter que jogava com Gilmar; Antônio Augusto, João Carlos, Amauri e Paulo Omar; Ico, Jorginho e Rogério; Popéia, Silvio e Borracha. Em 1983 já profissional se transferiu para o Atlético Goianense. No ano seguinte foi para o futebol carioca contratado pelo Olaria. Em 1985 retornou ao futebol gaúcho para defender o Caxias, que jogava com Casagrande; Amauri, Larri, Mezari e Edeli; Caçapava, Ricardinho e Luiz Fernando; Cremilson, Sabará e Chiquinho. Em 1988 defendeu o Uberlândia para em 1999 retornar ao nosso futebol para jogar no Lajeadense que ia a campo com Édison; Amauri, Bastos, Édson Gomes e Eliseu; Mazinho, Manoel e Jair Galvão; Marino, Airton e Vacaria. Amauri considera que Dino Sani e Paulo Sérgio Poletto foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo. O melhor lateral direito que viu em ação foi Leandro. Os ponteiros esquerdos que lhe deram mais trabalho foram Silvinho, ex Inter e Zezinho, ex Brasil de Pelotas. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo Caxias 2 X Brasil 1. Os seus ídolos nos gramados são os seus irmãos Cléo e Silvio. Hoje Amauri reside em Caxias do Sul, onde exerce as atividades de Gerente da SER Caxias. Assim, resgatamos a história futebolística de Amauri Hickmann que assim como seus irmãos marcou presença no nosso futebol.

COMENTÁRIOS ()