Quarta-Feira, 05 de Outubro de 2022 |

Você Lembra?

1552 - CANHOTO

Por Redação em 17 de Dezembro de 2021


Canhoto, o nosso focalizado nesta edição, foi um bom atacante que marcou presença atuando na extrema esquerda de vários clubes de diversos estados brasileiros. O seu nome completo é Gustavo César Paes, sendo paulista natural da cidade de Cândido da Mota, onde nasceu no dia três de abril de 1976. Iniciou suas atividades esportivas na base do Matsubara. Posteriormente iniciou uma grande movimentação por diversos clubes paranaenses como União Bandeirante, Grêmio Maringá, Cianorte, Ponta Grossa e Foz. A seguir foi para o futebol catarinense defender o Atlético Ibirama, Metropolitano e Joinville. Depois veio para o nosso futebol contratado pelo Glória de Vacaria. Em 2004 foi para o 15 de Novembro de Campo Bom que jogava com Marcelo Pitol; Jairo Santos, Luiz Oscar, Roni e Borges Neto; Massei, Marco e Perdigão; Carazinho, Belmonte e Canhoto. No ano seguinte jogou no Caxias que ia a campo com Luiz Muller; Rogerio, Luiz Fernando, Samuel e Cris; Wellington Monteiro, Eder Lazari e Guilherme; Ademir Sopa, Bebeto e Canhoto. Posteriormente defendeu a ULBRA, Vasco da Gama, Penapolis e futebol português. Canhoto considera que Zezito na base do Matsubara e Mano Menezes foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo. Os melhores atacantes que viu em ação foram Valdir Bigode, Dauri, Aldrovani, Grafite, Oséias, Paulo Rink, Romário e Careca. Os melhores zagueiros que enfrentou foram Paulo Foiani, Reginaldo Nascimento e Índio. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo 15 de Novembro 3 X Vasco da Gama 0, quando marcou de pênalti em São Januário e Caxias 3 X Grêmio 2 em 2005. Os seus ídolos nos gramados são Pita e Ronaldo Nazário. Hoje Canhoto reside na cidade paulista de Assis, e trabalha em Cândido da Mota num projeto social. Assim, resgatamos a trajetória esportiva de Gustavo César Paes, o Canhoto que foi um atacante que marcou presença no futebol paranaense, gaúcho e catarinense.

COMENTÁRIOS ()