Tera-Feira, 04 de Outubro de 2022 |

Você Lembra?

1581 – RANIELLI

Por Redação em 22 de Julho de 2022


Ranielli, o nosso entrevistado nesta edição foi um excelente meia cancha com atuação marcante em vários categorizados clubes de nosso futebol. O seu nome é Ranielli José Cechinatto sendo natural de Curitiba, onde nasceu no dia dezenove de dezembro de 1970. Iniciou suas atividades esportivas no Caxias 1988. Em 1990 foi contratado pelo Palmeiras, que jogava com Veloso; Marques, Toninho, Aguirregaray e Dida; Elzo, Betinho e Ranielli; Jorginho, Roger e Galeano. Em 1991 foi contratado pelo Santos que em 1992 formava com Sérgio; Índio, Castro, Luiz Carlos e Flavinho; Axel, Rogério e Ranielli; Almir, Paulinho e Sérgio Manoel. Em 1995 veio para o futebol gaúcho contratado pelo Grêmio. Em 1996 foi para o Botafogo de Ribeirão Preto. No mesmo ano foi para o futebol carioca defender o Vasco da Gama, que era escalado com Carlos Germano; Pimentel, Alê, Alex e Cássio; Luizinho, Fabricio e Ranielli; Valber, Macedo e Brenner. Após uma passagem pelo Juventus, Matonense foi para o Goiás em 1998 que ia a campo com Ricardo Pinto; Túlio, Célio Silva, Richard e Marquinhos; Rudney, Josué e Ranielli; Aluisio, Fernandão e Guará. Posteriormente atuou na Portuguesa Santista, Ponte Preta, Avista Fukuoka do Japão, Sport Recife, Ituano, Santa Cruz de Pernambuco para encerrar sua movimentada carreira como atleta de futebol no Juventude de Caxias do Sul. Ranielli considera que Telê Santana e Luiz Felipe Scolari foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo. Os melhores meias que viu em ação foram Edmundo e Pita. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo Santos 1 X São Paulo 0 em 1993 na Vila Belmiro. O seu ídolo nos gramados é o meia cancha Pita. Hoje Ranielli reside em Caxias do Sul. Assim, resgatamos a história futebolística de Ranielli José Cechinatto, que marcou presença no futebol brasileiro na década de noventa.

COMENTÁRIOS ()