Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2020 |

Você Lembra?

1584 - CAMARÃO

Por Redação em 14 de Agosto de 2020


Na década de noventa eu estava no Jornal do Comércio de Porto Alegre. Fui setorista do São José e do Cruzeiro, que na época era um clube de futebol da capital gaúcha. Como setorista do São José eu tive o prazer de conviver com a base zéquinha que foi bastante fértil, revelando muitos garotos promissores para a equipe principal. Entre estes estava Camarão, que foi um excelente atacante e atuou com bastante destaque no comando do ataque do clube da zona norte de Porto Alegre. O seu nome é Renato Lopes, sendo natural de Porto Alegre, onde nasceu no dia vinte e um de abril de 1970. Camarão iniciou suas atividades esportivas no Futsal em 1985. Atuou nas quadras até 1990 quando optou por passar para os gramados. Em 1990 o São José jogava com Ivo; Miguel, Pinga, Giba Dorneles e Mânica; Bidu, Marquinhos Dall Óglio e Giba; Tarciso, Gilson e Camarão. Em 1992 Camarão integrava um time que ia a campo com Sandro; Herbert, Celso, Zé e Peixe; Solimar, Giiovan e Muller; Edinho, Camarão e Sidney. Em 1994 foi para o futebol italiano defender o Verona, permanecendo até 1998 quando se transferiu para a Lazio onde jogou até o ano de 2000. Camarão considera que os melhores técnicos de futebol que teve a orientá-lo foram Vieira, Amilton Nunes, Tarso Martini, Benitez e Sílvio Torres. Os melhores atacantes que viu em ação foram Careca, Van Basten e Romário. O seu gol inesquecível foi marcado atuando pela Lazio em 1999. Foi o gol de ouro do futebol europeu. Os seus ídolos nos gramados são Tarciso na parte técnica e Marquinhos Dall ´Oglio na parte comportamental. Hoje Camarão reside na zona sul de Porto Alegre onde possui uma escola de futebol sete chamada Ipanema Sports. Camarão é Gestor Esportivo em entidades jurídicas, condomínios e escolas. Camarão é formado em Educação Física, Marketing e Administração Esportiva. Assim, resgatamos a história esportiva do Renato Lopes, o Camarão, que brilhou nas quadras e nos gramados gaúchos e italianos.

COMENTÁRIOS ()