Sbado, 25 de Setembro de 2021 |

Colunista



Heróis do fogo

Os Bombeiros são os profissionais que combatem os incêndios, usando todos os equipamentos e técnicas para evitar que vidas sejam perdidas nos sinistros, que podem destruir as construções nas cidades e vegetações nos campos.

Lutar contra o fogo envolve coragem e cuidado para que as chamas não acabem voltando contra os combatentes, pois qualquer falha pode acarretar em ferimentos, mutilações e mesmo a morte.

O incêndio pode ser combatido conforme o tamanho da estrutura, desde uma pequena equipe ou envolver várias guarnições, como no caso do incêndio na sede da Secretaria de Segurança Pública.

Naquela noite foram chamados vários bombeiros de Porto Alegre e cidades da Região Metropolitana, envolvendo diversos caminhões, inclusive com uma escada mecânica para acessar o quarto andar.

Entre os combatentes vieram o tenente Deroci Almeida e o sargento Lúcio Munhós, os quais saíram de suas casas, sem saber se voltariam, apenas despediram-se das famílias, na certeza de que voltariam após cumprirem seu trabalho.

O trabalho dos bombeiros envolve, além do combate direto ao fogo, a busca por pessoas dentro dos espaços em chamas, com todos os cuidados, com o objetivo de evitar tragédias humanas.

Com foco nesta missão os dois bombeiros entraram no prédio, pelo térreo, enquanto os demais continuavam no combate direto às chamas nos andares superiores, sabendo que, segundo a técnica, ainda teriam algum tempo para vasculhar o local.

Porém a estrutura toda veio abaixo, surpreendendo os dois, que foram soterrados pelos escombros, sendo possível imaginar o sofrimento dos heróis, asfixiados e dilacerados por ferro e concreto.

Após uma semana de buscas intensas foram localizados. Seus corpos foram velados no 1º Batalhão de Bombeiros Militares (1º BBM), após circularam pelas ruas de Porto Alegre, com a população aplaudindo e chorando, numa justa homenagem ao tenente Almeida e sargento Munhós.

Descansem em paz Heróis do Fogo!

COMENTÁRIOS ()