Segunda-Feira, 18 de Outubro de 2021 |

Colunista



Alvorada

Nascida em 17 de setembro de 1965, Alvorada, teve origem no antigo distrito do Passo do Feijó, assim iniciando a trajetória de cidade importante na Região Metropolitana, fazendo divisa com Cachoeirinha, Gravataí, Porto Alegre e Viamão.

Ao nascer recebeu este nome, por seus fundadores entenderem representar a Alvorada do Povo, que acorda nas primeiras horas para trabalhar e também numa homenagem ao Palácio da Alvorada, destaque da então nova capital do país, Brasília, inaugurada em 1960.

A principal artéria urbana é a Avenida Getúlio Vargas, onde desde os primeiros tempos foram instalados os comércios e nas suas proximidades a Prefeitura, Posto de Saúde, Brigada Militar e Correios.

A empresa de ônibus Sociedade de Ônibus União Ltda., a SOUL, que existe desde 1951, transporta a população dentro do município e para as cidades vizinhas, acompanhando o crescimento do município e suas dezenas de bairros.

A Praça João Goulart é o ponto central de Alvorada, onde a população tem a oportunidade de aproveitar o lazer junto ao Chimarródromo, além das diversas atrações como o Acampamento Farroupilha ou os grandes shows no palco da Praça Central.

200 mil alvoradenses vivem nesta cidade maravilhosa, com seu título de Capital da Solidariedade, que recebe os visitantes com seu Pórtico e tem a Lagoa do Cocão como um espaço para todos aproveitarem o pôr do sol da cidade.

O potencial de crescimento econômico passa pela expansão do Distrito Industrial e também pelos diversos empreendimentos que se instalam na cidade ao longo dos anos, como o Praça Alvorada Shopping Center, sem esquecer do Estádio Morada dos Quero-Queros e sua história no futebol.

Tive a honra de trabalhar no 24º Batalhão de Brigada Militar, cuidando da segurança pública, implantado o PM Mirim e criado o Piquete Guardiões da Querência, além de iniciar a trajetória como colunista do jornal A Semana, com muito orgulho de viver um pouco da história de Alvorada.

COMENTÁRIOS ()