Domingo, 16 de Janeiro de 2022 |

Colunista



Escolhas

Quanto sofremos da influência dos grupos que pertencemos, os quais tem suas regras e preferências, sendo comum as pessoas com maiores afinidades defenderem as mesmas ideias, surgindo várias tribos dentro da sociedade.

Os seres humanos têm uma infinidade de opções de escolhas, desde a infância, com os familiares mostrando aquilo que entendem ser o mais correto, iniciando o surgimento de um tipo de mentalidade que evoluirá com a passagem do tempo.

Os amigos da vizinhança e depois os colegas de escola serão novas influências para definir muito do que seremos na vida adulta, além dos professores que participam trazendo conhecimento e informação.

Na adolescência fica mais evidente a influência dos grupos, ainda mais com as novas tecnologias, que trazem visões de muitos aspectos e criam modas, principalmente na defesa de causas que nem estão dentro do cotidiano.

O isolamento da pandemia fez com que as influências externas, via internet, chegassem a extremos, com o foco centralizado nos aparelhos, sem nenhum debate ou contestação, além de acirrar as discussões na defesa de ideias.

Os adultos, por toda a experiência acumulada ao longo da vida, tendem a ser menos influenciados, mantendo posturas adquiridas, podendo escolher com mais segurança e mantendo posturas firmes sobre os mais diversos assuntos.

Os grupos radicais que surgiram e vem se multiplicando, com muitos adeptos ou de número reduzido, os quais não aceitam argumentos que contrariem o que defendem, havendo culto a líderes ou gurus.

Assim muitas informações são defendidas, relacionamentos acabam por divergências, amizades findam, afastando as pessoas, numa onda de radicalismo que se espalha, muitas vezes baseado em falsas ideias ou noções.

Importante que nossas escolhas sejam baseadas em informações confirmadas e que tenhamos a tranqüilidade de aceitar as ideias diferentes, pois cada um tem pensamentos e atitudes específicas, sendo possível a mudança, mas sem a imposição de outras pessoas.

COMENTÁRIOS ()