Sexta-Feira, 18 de Junho de 2021 |

Colunista


Direito e Cidadania


Valmor Freitas Junior



Novos Empreendimentos em Alvorada

Não é novidade que defendo que o desenvolvimento econômico do município deve ser estimulado, através de um planejamento e da criação de um ambiente que favoreça quem quer empreender na cidade.

Infelizmente nosso município está entre os piores PIB's do Estado, e isso explica muito das dificuldades históricas que enfrentamos.

Hoje, contudo, apesar de uma crise sanitária que agride toda a humanidade, além de todas as dificuldades que conhecemos, nossa cidade tem recebido importantes sinais, que revitalizam a nossa esperança de uma economia proeminente. E isso merece ser destacado de uma forma positiva.

Alvorada tem recebido empresas importantes, e isso não pode passar desapercebido.
McDonald's, Pernambucanas, Rede Carnetti. Lembro também do atacado Jumbo no Porto Verde, dentre outros investimentos. Empreendimentos que representam mais empregos, circulação de renda, tributos que ficam dentro do município e também mexem com a auto-estima dos habitantes da nossa cidade.

Fui questionado há alguns dias atrás se eu tinha conhecimento sobre qual seria a grande motivação pra isso estar acontecendo agora. Tenho convicção que não se deve a um ou outro fator específico, mas a uma série de elementos.

Contudo, entendo que o mercado da cidade, o potencial de consumo, e a carência de empreendimentos mais robustos, atraem hoje o olhar de investidores. Quantos de nós, aliás, saímos diariamente pra consumir na capital, por exemplo? Imagina se tivemos as opções aqui dentro, eliminando custo de transporte e o tempo de deslocamento... Pois então, hoje mais do que imaginar, estamos experimentando esta sensação.

É claro que o poder público precisa e deve criar um ambiente favorável. Costumo dizer que o mais importante não é sequer "ajudar", basta não atrapalhar e ser um facilitador do processo, através de um acolhimento com o olhar pro futuro, acima de tudo estimulando a desburocratização e a simplificação de procedimentos. E nesse aspecto, temos tido desde a última gestão boas notícias de criação de legislações que têm auxiliado nesse sentido.

O fato é que por muito tempo a cidade parecia estar dentro de uma "bolha", que afastava o investidor, apesar, saliento, de estarmos ao lado de Porto Alegre. Fico feliz como morador e alvoradense, por perceber uma mudança de postura que nos deixa mais receptivo, acolhendo quem quer investir aqui dentro. E claro, embora não perceba estruturalmente uma ação mais proativa do poder público nesse cenário, reconheço que avanços importantes estão sendo feitos, e isso merece ser enaltecido, e registro aqui o reconhecimento de quem torce pelo crescimento da cidade, independentemente de governo e quaisquer outras questões políticas. Aliás, penso que este seja um exercício que todos nós devemos fazer.

Na contramão disso, entretanto, nos rodeia a intenção da instalação de uma praça de pedágio na RS118, que impactará diretamente no desenvolvimento da nossa cidade de forma negativa. E nesse sentido alguns movimentos importantes já estão sendo realizados, com a participação da Federasul, Associações Comerciais e Industriais de cidades da região, que agora recebem também a parceria da OAB de Alvorada. E este é um assunto para o nosso próximo artigo, e que merece a atenção e a mobilização de todos nós. Afinal, precisamos avançar e não retroceder.

COMENTÁRIOS ()