Quinta-Feira, 21 de Outubro de 2021 |

Colunista


Direito e Cidadania


Andrea Maisner



A necessidade do Planejamento Previdenciário após as reformas previdenciárias

Após as inúmeras reformas ocorridas no Setor Previdenciário – Público e Privado - em 2019, muito se fala em Planejamento Previdenciário. Mas você sabe o que significa e qual a importância de um Planejamento Previdenciário?

O Planejamento Previdenciário é um serviço de análise, organização e preparação para a aposentadoria do trabalhador visando garantir o melhor custo benefício após todo o investimento feito perante a Previdência Social.

É preciso esclarecer que nem sempre um valor de benefício mensal maior é realmente vantajoso no longo prazo – tendo em vista os reajustes anuais que não acompanham efetivamente a inflação - e somente um advogado especializado em direito previdenciário poderá indicar, esclarecer e apresentar todas as possibilidades de aposentadoria vigentes no momento do pedido de aposentadoria.

O sistema previdenciário e as regras que envolvem os pedidos de aposentadoria no Brasil são burocráticos e complexos, apesar da maioria das divulgações e propagandas midiáticas informar de forma diferente e incentivarem os cidadãos a buscarem os serviços até mesmo sem auxílio jurídico especializado.

A busca individual e sem o conhecimento necessário acerca do melhor benefício e das possibilidades de aposentadoria implica na concessão de uma aposentadoria com valor inferior ao que realmente faria jus o trabalhador.

Em razão das constantes modificações nas regras trazidas pelo sistema administrativo previdenciário e pela legislação em si, o advogado deve estar constantemente atualizado e, preferencialmente, ser especialista em direito previdenciário.

Para que seja realizado um planejamento previdenciário completo e que atenda as necessidades do trabalhador é necessária uma busca de documentos, organização e até verificação de eventuais ações trabalhistas pretéritas que possam interferir de forma positiva na renda da futura aposentadoria a ser planejada. Assim, quando o for o momento do trabalhador buscar o órgão responsável por sua aposentadoria, já estará ciente dos seus direitos e o que ele deve esperar da sua aposentadoria, podendo aceitá-la ou não.

Portanto, o planejamento previdenciário é um estudo científico e matemático que permite visualizar os valores mensais de um benefício futuro, analisar se há necessidade de efetuar pagamentos em atraso para que seja possível se aposentar de forma mais vantajosa (se for o caso) e ainda indicar ao trabalhador quais as suas reais possibilidades de aposentadoria, com base no seu histórico contributivo e nas suas informações previdenciárias.

COMENTÁRIOS ()