Domingo, 01 de Agosto de 2021 |

Colunista


Espantando a Zebra


César Freitas


cesar.gfreitas@yahoo.com.br


Figueroa se despede

A noite de 26 de janeiro de 1977 foi triste para a torcida colorada. O Inter enfrentou o Palestino do Chile, jogo que marcou a despedida de Figueroa do futebol gaúcho e brasileiro. A partir desta data ele passou a defender o Palestino, adversário do Inter naquela noite. A partida terminou empatada em dois gols. Lino e Duarte, de penalte, marcaram para o Inter e Fabinae, de penalte, e Hidaldo descontaram para os chilenos. Nessa noite foi apresentado para a torcida rubra Marião, que seria o sucessor do “Capitão dos Andes”.

Veranópolis

O simpático Veranópolis Esporte Clube Recreativo e Cultural, o Pentacolor da Serra Gaúcha está completando 29 anos de existência hoje, pois foi fundado no dia 15 de janeiro de 1992. No segundo ano de vida esportiva já conquistou o direito de disputar o Gauchão com a eleite do nosso futebol e lá permaneceu por longos anos. O Veranópolis orgulha-se de ser um clube de Divisão Especial oriundo de uma cidade com pouca população. Foi fundado pela fusão de dois tradicionais clubes da cidade, o Grêmio Esportivo e Cultural Dalban e o Clube Atlético pentacolor, pois herdou as cinco cores de seus ancestrais, que são o azul, amarelo, vermelho, verde e branco. Parabéns ao Veranópolis.

Grenal de Veteranos

No dia 06 de janeiro de 2001 aconteceu o tradicional encontro de veteranos da dupla Grenal no SESC. O Inter venceu por 2 a 1, com gols de Uberaba e Kita. Lè descontou para o Grêmio. Os colorados, comandados por Tovar, foram a campo com Luca; Maurício, Pinga, Amaury e Lauri; Ricardo, João Luiz e Leocir; Uberaba, Kita e Falcãozinho. Balalo, Cedenir e Jairo, entre outros entraram na segunda etapa. O tricolor entrou em campo orientado por Osmar e formou com Ademir Mari; Raul, Leandro, Beni e Baiana; China, Gaspar e Jorge Leandro; Jurandi, Tarciso e Renato Lima. Na etapa complementar entraram Mânina, Lê, Geraldo Edson Peixe e Trezentos. Foi juiz da partida o folclórico catarinense Margarida.

Passo Fundo – 35 anos

O Esporte Clube Passo Fundo completou 35 anos de vida esportiva no último dia 10, pois foi fundado no anod de 1986. O Passo Fundo foi resultante da fusão dos tradicionais clubes passofundenses: o Gaucho e o 14 de Julho. Herdou do verde do Gaúcho e o vermelho do 14, tornando-se rubro-verde. Em 2000 ocorreu a cisão e o Gaúcho retornou às atividades. O seu estádio é o Vermelhão da Serra, que do 14 de Julho. O Passo Fundo há vários anos faz parte do grupo de elite de nosso futebol.

São Borja – 24 anos

A Sociedade Esportiva São Borja é outro clube que aniversaria neste mês. Completou 44 anos de existência ontem, dia 14 de janeiro, pois foi fundado no ano de 1977. Ele é oriundo da fusão do Internacional e Cruzeiro, dois então tradicionais clubes da “Cidade dos Presidentes”. Lamentavelmente, como tantos outros clubes, passou por grandes dificuldades financeiras e esteve licenciado por diversos anos. Entre os títulos de destaque foi a Segundona Gaúcha 2018 e disputa atualmente a Divisão de Acesso Gaúcha.

COMENTÁRIOS ()