Quinta-Feira, 06 de Maio de 2021 |

Colunista


Política e Saúde


Darci Barth



A expressão “ o peixe morre pela boca “ quer dizer que assim como o peixe morre quando abre a boca e é pego pelo anzol, as pessoas devem ficar caladas ao invés de falar alguma besteira e ser pior para elas. Exatamente o caso do presidente Bolsonaro. Algumas frases polêmicas sobre a pandemia.

FRASE 1
“ Tem a questão do coronavirus, que no meu entender está superdimensionado o poder destruidor deste vírus, “ 09 de março de 2020

FRASE 2
“ Eu não sou coveiro, está certo?” Resposta à pergunta de um jornalista que o questionava sobre o elevado nº de mortos naquele dia. 20 de abril de 2020

FRASE 3
“ E Daí? Lamento. Quer que eu faça o que? Eu sou Messias, mas não faço milagres”. Ao ser questionado sobre o fato de o Brasil ter ultrapassado a China em nº de óbitos por covid. 28 de abril de 2020

FRASE 4
“ Toma quem quiser. Quem não quiser, não toma. Quem é de direita, toma cloroquina. Quem é de esquerda, toma tubaína.” 19 de maio de 2020

FRASE 5
“ Tem que acabar com este negócio. Lamento os mortos, todos nós vamos morrer um dia. Não adianta fugir disso, fugir da realidade, tem que deixar de ser um país de maricas.” 10 de novembro de 2020

FRASE 6
“ Eu não posso falar como cidadão uma coisa e como presidente outra. Mas como eu nunca fugi da verdade, eu te digo: não vou tomar vacina. E ponto final. “ 15 de dezembro de 2020

RESUMO

Ao longo de quase um ano, Bolsonaro usou termos como “ gripezinha “. Disse que não morreriam nem 800 pessoas por covid 19, chamou o Brasil de “ país de maricas “, ignorou recomendações científicas e mostrou um apego inigualável à cloroquina. Se ficasse calado, aparecesse menos, trabalhasse mais nos bastidores, abandonasse o microfone no improviso, possuísse uma assessoria mais competente, certamente seu Ibope seria bem mais elevado. Além disso, comprou briga e atiçou os ministros do STF, dos quais 7 em 11 foram nomeados por Lula ou Dilma. Por conseqüência, Lula foi absolvido, hoje está na dianteira da corrida eleitoral. Apesar do vasto histórico de corrupção.

COMENTÁRIOS ()