Segunda-Feira, 18 de Outubro de 2021 |

Colunista


Política e Saúde


Darci Barth



ADMINISTRAÇÃO APPOLO

Vamos fazer uma pequena e singela análise da administração Appolo, cremos que alicerçados pela nossa experiência temporal na esfera pública, além de não possuirmos nenhuma indicação de CCs atualmente.

PAVIMENTAÇÃO COMUNITÁRIA

A população tomou gosto pela pavimentação comunitária, muito bem organizada pelo secretário Negreiros, cada vez mais ruas sendo contempladas, dá para ver a transformação na cidade. O povo participa ativamente, o dinheiro é deles, dá uma briga ali, outra aqui, às vezes as obras estancam, a prefeitura ajeita, e por aí vai. Em trancos e barrancos, tudo termina bem, o barro e o pó desaparecem, as casas valorizam, todos ficam satisfeitos.

ASFALTAMENTO

A administração está sendo muito hábil na prospecção e utilização de verbas estaduais e federais, emendas parlamentares, para asfaltamento na cidade. Na Getúlio Vargas, Frederico Dihl, Stella Maris, praticamente em todos os bairros, ruas foram asfaltadas, ou em andamento, ou aguardando os trâmites burocráticos. Os vereadores, inclusive os de oposição, foram fundamentais no garimpo e consecução deste objetivo.

DIÁLOGO

Todos sabem que o prefeito Appolo atende a todos pessoalmente, do abonado ao humilde, escuta as reivindicações, resolve na hora, encaminha, ou nega se for necessário. Promessa de campanha. Louvável.

HOMENS DE CONFIANÇA

Vamos elencar os 4 mosqueteiros do prefeito Appolo, presentes desde o início, competentes, de extrema confiança. O secretário da Fazenda, Marcelo Machado, o homem do dinheiro, folha salarial e fornecedores sempre em dia. Achamos que exagera um pouco nos impostos aos contribuintes, mas atinge seu objetivo, a saúde financeira. O secretário de administração, Luís Carlos Telles, Preto, assessora o prefeito na política fiscal, financeira e de pessoal. O secretário Paulo Ramos, titular já em várias pastas, o prefeito trouxe de Brasília, sempre presente no dia-a-dia, aconselhando e dialogando. Resistiu a várias tentativas de demissão, inclusive da Câmara de Vereadores, a mão de delegado sempre segurou. Finalmente, o secretário da PGM, Mauro Otto, segura e resolve os rolos de ofício.

DEFEITOS 1

A administração municipal está caminhando a passos largos para uma gestão exitosa. Para coroar com sucesso esta forma de administrar, só falta tomar uma iniciativa: reduzir o número de CCs. A redução dos cargos de confiança resulta em economia e benefícios nos setores que necessitam.

DEFEITOS 2

O combate à pandemia de covid-19 em Alvorada foi muito bom, principalmente o esquema de vacinação à população. Mas muitas UBSs estão desassistidas, faltam especialistas (endócrino, oftalmo, neuro, só uma cardio), urgência ortopédica só em Viamão, alguns exames demoram meses, precisamos de uma UPA 24h. O Hospital de Alvorada precisa mudar.

COMENTÁRIOS ()