Quinta-Feira, 26 de Maio de 2022 |

Colunista


Política e Saúde


Darci Barth



MDB – CONVENÇÃO ESTADUAL

Será realizada dia 20 de fevereiro das 8h30 às 13h, em Porto Alegre. O edital e documentação para inscrição de chapas foi lançado no dia 09/02. Alceu Moreira e Gabriel Souza suspenderam a campanha, mas seguem candidatos.

PSDB E REELEIÇÃO DE LEITE

O PSDB vem tentando convencer o governador Eduardo Leite a concorrer à reeleição. Ele tem mantido o tom ambíguo de quem ainda está avaliando o que fazer. Os militantes vêm insistindo empolgadamente e os prefeitos até criaram um documento com o título “O futuro é o presente”. Será que ele reconsidera a decisão de não concorrer?

PROCURADORIA ESPECIAL DA MULHER

A Procuradoria Especial da Mulher no âmbito da Câmara Municipal de Alvorada, tendo como Procuradora a vereadora Nadir Machado e como Procuradora Adjunta a vereadora Giovana Thiago, foi criada para a defesa, a promoção da igualdade de gênero, da autonomia, do empoderamento e representação das mulheres, bem como o enfrentamento da todas as formas de discriminação e violência contra mulheres e meninas.

VIOLÊNCIA CONTRA MULHERES E MENINAS

Mulheres e meninas em situação de risco de morte ou ameaças em razão da violência doméstica e demais violências causadoras de lesão, sofrimento físico, sexual, psicológico ou dano moral, são encaminhadas e orientadas a fazer B.O na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Alvorada (DEAM); à Defensoria Pública; à Saúde, e à Assistência Social.

ATENDIMENTOS ESPECÍFICOS

Além de orientar sobre a guarda de filhos e netos, sobre funcionamento das mediações e na obtenção de vagas em creches e escolas, a Procuradoria Especial da Mulher encaminha as vítimas para outros órgãos, conforme o caso.

NÃO SE CALE

Como denunciar a violência contra a mulher? Primeiro passo: Disque 180. Outros canais também estão disponíveis como a própria Procuradoria da Mulher de Alvorada através do fone 3483-9444; Promotoria de Justiça de Alvorada (fone 3483-1972); Defensoria Pública (fone 3411-1769); Direitos Humanos-Coordenadoria da Mulher (fone 3044-2290); DEAM (FONE 3442-1114) e Delegacia de Pronto Atendimento (DPPA – fones 3412-1201/ 1202/ 1203).

PENSAMENTO

“Houve um tempo em que as mulheres pediam aos homens que lutassem pelos direitos delas. Mas agora nós lutaremos por nós mesmas.” Malala Yousafzai, Prêmio Nobel da Paz

COMENTÁRIOS ()