Quinta-Feira, 26 de Maio de 2022 |

Colunista


Política e Saúde


Darci Barth



NETFLIX
MINISÉRIE: OS 5 PECADOS CAPITAIS DA SAÚDE EM ALVORADA
EPISÓDIO 2: UPA 24horas

Na última semana, analisamos as UBSs de Alvorada, em tese responsáveis pela resolução de 80% das enfermidades dos bairros ou regiões onde localizadas. Concluímos que este objetivo está longe de ser alcançado. Vamos continuar. Os 20% restantes deveriam ser canalizados a uma entidade denominada UPA 24horas. Atendimento 24 horas por dia. O prédio, cedido pelo governo federal, pronto desde 2015, possui toda a estrutura de uma UPA24H, até porque foi construído com este objetivo. São vários consultórios, salas de observação, laboratório, nebulização, etc. Mas a SMS inaugurou o local como Centro de Saúde, com atendimento de 2ª a 6ª das 7 às 22h, acrescentou serviço de acupuntura, fisioterapia, diagnóstico de tuberculose, A SAMU, que já estava lá, permaneceu. Houve promessa de instalação de atendimento pediátrico de urgência, séria lacuna em Alvorada, hoje funcionando a meio-pau, em parceria com o SIM, muitas vezes os atendimentos são realizados por médicos generalistas ou clínicos das UBSs. O povo conhece o local como UPA, nós como UPA “perna de anão” . Após as 22horas e nos finais de semana, nossa população fica sem pai nem mãe, até porque o hospital de Alvorada atende muito mal, são muitas queixas, inclusive vai ser objeto de episódio desta série. Não existe outra opção, quem fica doente obriga-se a usar os hospitais e emergências da Capital, principalmente a UPA Moacir Scliar, na zona norte de Porto Alegre. Nestes horários carentes, o movimento no local triplica, muitos pacientes de Alvorada. A prefeitura alega que não tem condições de arcar com os custos de uma UPA24h. Mas todas as cidades no entorno de Alvorada, tais como, Porto Alegre, Gravataí, Cachoeirinha, Viamão, possuem pelo menos uma UPA24h. Alvorada, a mais pobre e necessitada, é a única que não tem. Episódio da próxima semana: Serviço de emergência traumatológica.

PRÉDIO DO SINE

De cocheira. A prefeitura municipal está aventando e analisando a possibilidade de vender ou permutar com a área privada o terreno de esquina com a Getúlio Vargas, onde era o prédio do SINE. Uma das hipóteses seria a posterior construção de um edifício de 8 ou 10 andares, a prefeitura seria detentora de por exemplo 4 andares, dando espaço a algumas secretarias, diminuindo os aluguéis.

DENGUE

As chuvas de verão trazem consigo uma explosão de casos de uma doença conhecida entre os brasileiros: a dengue. Transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti, começa com febre alta, dor de cabeça, é típica uma dor atrás dos olhos, perda de apetite, náuseas e vômitos, tontura, moleza e extremo cansaço, dor no corpo e no abdômen.

ESPECIALIDADES MÉDICAS INEXISTENTES EM ALVORADA

Alvorada possui em torno de 200 mil habitantes, a 11ª em população no RS, logo atrás de Rio Grande. Pois bem. Não temos algumas especialidades básicas no nosso sistema de saúde. A população deve consultar com clínico na UBS de sua região, o qual vai encaminhar para Porto Alegre, onde deve esperar meses ou anos para ser atendido. Alguns exemplos: oftalmologista (glaucoma, uma simples receita de óculos); endocrinologista (diabetes); neurologista e neuropediatra, o nosso centro de autismo funciona sem neurologista ????; proctologista (hemorroidas, prevenção do câncer colorretal); gastro, conseguir uma endoscopia digestiva pelo sus é uma tortura; uma única dermatologista, que atende somente neoplasias cutâneas e caso mais graves, além de também estar cedida para o Casa; uma única cardiologista; o único urologista prioriza as vasectomias. Alvorada é paraíso para as clínicas populares, acho que tem mais clínicas populares do que UBSs.

PENSAMENTO DA SEMANA

“No final de nossas vidas não seremos julgados pelos muitos diplomas que recebemos, por quanto dinheiro ganhamos ou por quantas coisas realizamos. Seremos julgados pelo “Eu tive fome e você me deu de comer. Estava nu e você me vestiu. Eu não tinha casa e você me abrigou.”” - MADRE TERESA DE CALCUTÁ

COMENTÁRIOS ()