Quinta-Feira, 26 de Maio de 2022 |

Colunista


Política e Saúde


Darci Barth



NETFLIX
MINISÉRIE: OS 5 PECADOS CAPITAIS DA SAÚDE EM ALVORADA
EPISÓDIO 3: SERVIÇO DE EMERGÊNCIA EM TRAUMATOLOGIA

Já contei esta história, mas vamos de novo. O serviço de traumatologia de urgência em Alvorada funcionava na Clínica de Fraturas, ou IOA, onde vários ortopedistas faziam o atendimento inicial e posterior seguimento, até a liberação para retornar ao trabalho. Por exemplo, uma fratura de braço, faziam o RX, tala gessada, posterior seguimento, encaminhamento para cirurgia se necessário. O serviço era exemplar, muito elogiado pela população. No final da administração Serginho, o serviço foi desativado, sendo alegado que “não se conseguiam médicos para trabalhar em Alvorada”. A realidade não é esta, acompanhei todo o processo nesta ocasião, atuava como médico no PAM 8, onde estava a direção da secretaria da saúde. Como a tabela do SUS estava totalmente defasada, não conseguindo remunerar os médicos, nem os serviços mais básicos, foi solicitado um suplemento da prefeitura. Negado. Na realidade, para obter uma saúde digna, tem que pagar de forma adequada, a saúde é cara. Pois bem, na administração Appolo continua tudo na mesma, exatamente igual. Acompanhemos o calvário do nosso paciente residente em Alvorada que fraturou o braço. Deve se dirigir ao Hospital Cristo Redentor, onde vai fazer o Rx e 1º atendimento. Vai ser encaminhado à cidade de origem para seguir o tratamento. Alvorada não tem. Consulta clínico na UBS da região onde mora, vai ser encaminhado ao hospital de Viamão. Ou vai direto ao hospital de Viamão, se for mais esclarecido. O tratamento todo vai ser realizado no hospital de Viamão, 3, 4, 5 atendimentos, se necessário. Lógico que todos os deslocamentos são às expensas do paciente, gasolina, uber ou ônibus. Episódio da próxima semana: Hospital de Alvorada

IPE EM ALVORADA

A reinauguração da sala do Ipe estava prevista até final de março. Conforme o presidente da Câmara de Vereadores, Cristiano Schumacher, foi agilizada toda a infraestrutura necessária para pleno funcionamento da sala, funcionários, ar-condicionado, mesas, tudo certo. Só que a direção do IPE foi afastada no início de março, tudo foi para estaca zero. Schumacher solicitou reunião com o novo presidente. Vamos aguardar.

TOMÓGRAFO NO HOSPITAL

Parabenizamos o vereador Rodrigo Schin pela entrega da emenda de um milhão de reais junto ao deputado federal Giovani Cherini para a compra de um tomógrafo para o hospital de Alvorada. Meio caminho andado. Agora o hospital deve disponibilizar sala adequada para proteção da radiação, além de uma equipe treinada. Desta forma, parece que vai terminar a condução de pacientes graves para realizar o procedimento no hospital de Viamão, algumas vezes entrando em óbito no percurso. Além disso, na internação e tratamento de pacientes graves de covid-19, a tomografia é essencial. A broncopneumonia, maior responsável pela letalidade, só é diagnosticada com precisão por este método.

DENGUE

O mosquito da dengue gosta de qualquer tipo de água, suja ou limpa, desde que ela esteja parada e nas condições ideais de temperatura e luminosidade. Pode proliferar em piscinas, caixas d’água, carros e pneus velhos, sacos de lixo, etc. Pois bem. No estacionamento do PAM8 foram encostados há mais de 10 anos 2 carros enferrujados, pneus furados, vidros abertos. Verdadeiro paraíso para o mosquito da dengue. Acho que a SMS deveria retirar com urgência os veículos do local, dar o exemplo. Um alerta à vigilância sanitária.

PENSAMENTO DA SEMANA

“Em alguns botequins da cidade, se resolvem mais problemas que na administração pública.” - Saint-ClairMello

COMENTÁRIOS ()