Quinta-Feira, 26 de Maio de 2022 |

Colunista


Política e Saúde


Darci Barth



NETFLIX
MINISÉRIE: OS 5 PECADOS CAPITAIS DA SAÚDE EM ALVORADA
EPISÓDIO 4: HOSPITAL DE ALVORADA

O Hospital de Alvorada foi inaugurado em 20 de setembro de 1985, em terreno doado pela Prefeitura ao Estado. No período de 1985 a 1997 a gestão foi compartilhada entre o estado e o município. A partir de janeiro de 1988 a gestão passou à FUC (Fundação Universitária de Cardiologia), em convênio com o Estado do RS, proprietário do hospital. Atualmente, o hospital possui 121 leitos ativos, com leitos reservados à maternidade, além de uma Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal. Possui em torno de 500 funcionários. É o único serviço do município que possui atendimento 24 horas de urgência e emergência, sendo referência ao SAMU. No final de 2020, foi enviado ao Ministério Público o relatório da CPI da Câmara de Vereadores de Alvorada, conduzido pelo vereador Cristiano Schumacher, onde, através de depoimentos de dezenas de pacientes, supostamente vítimas de negligência, funcionários, a própria direção do hospital, foram solicitadas medidas urgentes para sanar problemas como: ampliação e reforma do setor de emergência; implantação do serviço de diagnóstico por imagem, como tomografia e ressonância magnética; qualificação dos serviços de ecografia e RX; implantação do serviço de traumatologia; contratualização do ambulatório e novos leitos psiquiátricos; instalação imediata dos leitos de UTI adulto. O relatório da CPI é conclusivo, abrangente, as condições continuam mais ou menos iguais no hospital. Por outro lado, não conseguimos nenhuma notícia nova sobre a CPI, dos seus resultados práticos. No próximo episódio, o último, rescaldo, análise, algumas ideias para aprimorar a saúde no município.

SACO DE GATOS 1

Bem estranha e sui generis a situação do PL em Alvorada. Possui o vice-prefeito e presidente do partido, invariavelmente se queixando dos espaços na administração, às turras com o prefeito municipal. Dois vereadores remanescentes, que discutem espaços com o presidente, também com o prefeito municipal. Dois vereadores oriundos do DEM, afirmam que “não temos o menor interesse em assumir cargos no governo municipal”. Dois secretários municipais, um deles suplente de vereador, outro da área diretiva, não participou da nominata de vereadores. Na realidade, certamente o pessoal vai empurrar com a barriga até a eleição de outubro, olhos no desempenho de Bolsonaro e Onix Lorenzoni. Dependendo, os gatos arrebentam o saco, aí seja o que Deus quiser.

SACO DE GATOS 2

Em boa política, um partido há que ser justo e igualitário na distribuição de espaços. Transparente na relação com o diretório e filiados. Bom político é aquele que faz muitas alianças, mas um político bom é o que faz as alianças certas. Bom político é aquele que vive no coração e não na boca do povo. Aí não tem saco, nem gato.

CANDIDATOS A DEPUTADO EM ALVORADA

Stela Farias foi reconduzida à Assembleia Legislativa num momento muito bom para a campanha à reeleição. Grandes chances. Deve ser a única candidata de esquerda de Alvorada. Édson Borba e Juliano Marinho não concorrem. Douglas Martello, que ainda não referendou sua candidatura, fica sendo o único candidato de direita. Lula x Bolsonaro em Alvorada. Que tal a população colocar 2 deputados estaduais de Alvorada? Seria interessante para a cidade.

PENSAMENTO DA SEMANA

“Sete pecados sociais: política sem princípios, riqueza sem trabalho, prazer sem consciência, conhecimento sem caráter, comércio sem moralidade, ciência sem humanidade e culto sem sacrifício.” - Mahatma Gandhi

COMENTÁRIOS ()