Domingo, 01 de Agosto de 2021 |

Colunista


Tradição e Cultura


Valdemar Engroff


gaucho.valdemar@pop.com.br


A origem do Gaúcho

A origem do gaúcho deu-se no século XVIII após as missões jesuíticas teriam sido destruídas, ocasionando um grande êxodo de índios (guaranis e tapes) pela região, misturando-se num primeiro momento com espanhóis e depois com os luso-brasileiros.

Esses "novos" habitantes se espalham pelos campos e logo mudam a sua maneira de viver, passando de agricultores sob a coordenação dos jesuítas, a exímios cavaleiros, tendo em vista que o rebanho, que havia nos "Sete Povos das Missões", se dispersava pelos campos dando origem a grandes rebanhos livres.

Segundo a professora de antropologia e pesquisadora Maria Eunice de Souza Maciel: “Então, esses gaúchos eram indivíduos que viviam sozinhos ou em bandos e procuravam esse gado para caçar. Não era para criar, era um período de caça ao gado mesmo. Como passavam de um lado para o outro, eram considerados marginais perante a estrutura existente na época. Eram como se fossem bandidos, tipos perigosos que não tinham lugar em uma sociedade”.

Num primeiro momento foram chamados de Guasca (pelo o seu trabalho com o couro cru), depois chamados de Gaudério (índio vago) e por último chamados de gaúcho, sendo uma denominação dada às pessoas do bioma denominado Pampa, que é uma planície que se estende pela Argentina, Uruguai e no Brasil alcança o estado do Rio Grande do Sul.

Entre as várias teorias encontradas para a origem da palavra gaúcho, destaquei duas: a primeira de acordo com Augusto Meyer, seria na palavra "huachu" que significa órfão, designaria os filhos de índia com branco português ou espanhol, "registrados nos livros de batismo dos curas missioneiros, simplesmente como filho de fulano com uma china das Missões".

A segunda teoria, fala sobre os colonizadores espanhóis, agricultores das ilhas Canárias que povoaram Montevidéu, ao chegarem na região chamavam os habitantes locais de guanches ou guanchos, depois mudaram o termo, passando a se referir aos órfãos como "guachos" e aos vagabundos como "gaúchos".

Até a metade do século XIX, o termo gaúcho era usado de forma pejorativa, sendo dirigido aos aventureiros, ladrões de gado e malfeitores que viviam nos campos. Porém em 1845 após Revolução Farroupilha, a palavra "gaúcho" perde a conceito ofensivo e passa a significar homem de bem, digno, bravo, e principalmente patriota.

Hoje em todo Brasil, gaúcho é usado como sinônimo de sul-riograndense, mas o seu significado ultrapassa as fronteiras do estado do Rio Grande do Sul:, denominando também todas as pessoas que cultuam as tradições do folclore gaúcho por esse Brasil a fora. Fonte! Paulo Mena - www.infoescola.com, www.stargrill.com.br e www.mtgmt.com.br. Nós buscamos nos potreiros da Internet, na página oficial Marcos do Pampa - https://www.facebook.com/marcosdopampa/.

Felicitações ao primeiro CTG do mundo

No dia 24 de abril de 1948 era fundado oficialmente o 35 Centro de Tradições Gaúchas, a primeira entidade tradicionalista pós acendimento da primeira Chama Crioula e primeira Ronda Crioula, (em setembro de 1947). Foi o pontapé inicial a este Movimento Tradicionalista organizado que está espalhado Rio Grande afora, por todo o Brasil e onde temos dezenas de entidades tradicionalista filiadas ao Movimento Tradicionalista Gaúcha, situadas em outras nações. Felicitações ao 35 CTG pelo 73º aniversário de fundação.

COMENTÁRIOS ()