Sexta-Feira, 01 de Julho de 2022 |

87 pontos de luz apagados ou queimados na Avenida Presidente Getúlio Vargas

Pontos mais críticos estão nas entradas dos bairros 11 de Abril e Cedro

Por Redação em 10 de Junho de 2022

"Trecho da Parada 49 conta com diversos pontos de luz apagados" (Foto: Guilherme Wunder)


Na noite de terça-feira, 07/06, a reportagem do Jornal A Semana percorreu a Avenida Presidente Getúlio Vargas – indo do pórtico da cidade até a Rua Santos Dumont, no Bairro Caxambu. O objetivo era fazer o levantamento da iluminação pública na principal via do município. Para uma melhor compreensão, esse levantamento foi dividido em duas partes.

Na primeira, que compreende um trecho de 4,3 km, começa na entrada da cidade e segue até o Corpo de Bombeiros. Neste setor, a iluminação está localizada no canteiro central, com lâmpadas nos dois lados do poste. São 115 equipamentos atualmente, mas já foram mais – 20 estão faltando. Isso dá um montante de 230 pontos de luz, onde 173 estavam acesos e 57 apagados.

Já entre o Corpo de Bombeiros e a Rua Santos Dumond, no Bairro Caxambu, 30 pontos de luz estavam apagados, sendo nove no sentido centro-bairro e 21 no bairro-centro. Cabe ressaltar que, ao contrário do outro trecho da Avenida Presidente Getúlio Vargas, nessa situação os postes são laterais. Dos 148 postes distribuídos, 123 estavam em funcionamento.

No primeiro trecho percorrido, o ponto mais crítico é entre a parada 49 e 50, aonde existem diversos postes na sequência apagados. Já após o Corpo de Bombeiros, existem locais sensíveis como os acessos dos bairros 11 de Abril e Cedro. Nestes casos, ou os postes estão queimados ou não há o pendulo para a instalação de um ponto de iluminação pública na região.

Executivo apresenta novidades

Visando modernizar a iluminação pública e trazer mais economia, o prefeito José Arno Appolo do Amaral (MDB) assinou na manhã de terça-feira, 07/06, a ata de adesão com a empresa ESB Light, para a realização da substituição de lâmpadas comuns para luminárias de LED. As novas luminárias representam uma redução de 60% de energia e serviços de manutenção nos próximos anos.

O novo sistema também irá trazer mais segurança aos pedestres, motoristas e moradores das vias. As obras devem iniciar em 20 dias, e ao total serão realizados 1014 pontos de substituição. Também participaram do ato, o diretor da ESB Light, Mauro Bialkowsky e o secretário de Serviços Urbanos (SEMSU), José Luís Corrêa, que será o responsável pela execução do serviço.

Com isso, diversos pontos da cidade receberão melhorias. Serão trocados 540 pontos de luz na Avenida Presidente Getúlio Vargas; 200 na Avenida Maringá; 19 na Rua 18 de Julho; 58 na Avenida Flores da Cunha; 58 na Rua Oscar Schick; 35 na Avenida Piratini; 21 na Avenida Nossa Senhora Aparecida; 38 nas ruas Bandeiras e Ipiranga; 27 na Rua Hermínio Machado e 18 na Rua Allan Kardec.

COMENTÁRIOS ( )