Sbado, 04 de Dezembro de 2021 |

Moradores do Jardim Algarve sofrem com a falta de manutenção ao longo dos anos

Segundo os relatos, faz anos que não ocorrem operações tapa-buracos na região

Por Redação em 22 de Outubro de 2021

"Está prevista a recuperação da malha viária das duas ruas para a primeira quinzena de novembro" (Foto: Guilherme Wunder)


O Jardim Algarve é um bairro relativamente jovem da cidade e que se desenvolve de forma rápida nos últimos anos. A chegada de novos empreendimentos comerciais fez com que a região se tornasse atrativa. Contudo, existem regiões que sofrem com a falta de investimentos do poder público. Pelo menos esse é o relato de moradores das ruas Flaviano Moraes Monroe e Santa Edwiges.

O parecer da comunidade

A reportagem do Jornal A Semana foi até a Rua Flaviano Moraes Monroe na manhã de terça-feira, 19/10. Lá pôde conversar com os moradores para compreender a realidade. Entre os relatos estão carros quebrados, falta de manutenção há pelo menos cinco anos e os próprios moradores que caem e se machucam devido as dificuldades de trafegar na região.

Para Angelita dos Santos, seria muito importante que viessem arrumar as ruas, afinal a única manutenção é feita com caliça dos moradores. “Nossa rua está péssima. É a pior de todas. Tinha morador que plantou uma bananeira nos buracos, tamanha a profundidade e o tempo. Dizem que muita gente que não paga imposto, mas eu pago e não posso sofrer por causa dos outros”, relata a dona de casa.

Já Claudia Hermes afirma que já viu acidentes e carros estragando, mas que não adianta pedir para a Prefeitura arrumar, porque eles nunca vêm. “Os vizinhos têm carro novo e precisam mandar para o conserto frequentemente. O próprio prefeito já veio aqui e disse que viria arrumar na semana seguinte. Faz mais de ano que estamos esperando. A gente paga imposto e vive nessa situação”, enfatiza a aposentada.

Na Rua Santa Edwiges o problema também é grande. Até bananeiras já foram plantadas nos buracos – tamanha a profundidade dos buracos e o tempo que existem. “Faz 20 anos que eu moro aqui e nunca vi ela arrumada. Sempre foi horrível assim. Só não está pior porque os vizinhos colocam caliça nos buracos para amenizar a situação. É terrível isso aqui”, salienta Sonira da Silveira.

Para Sonira, é necessário fazer investimentos para solucionar os problemas das ruas da região e evitar novos acidentes. “As pessoas já se machucaram andando na rua. A minha filha mesmo já caiu e se machucou aqui na frente. A gente cobra e os políticos não nos dizem nada. Sempre falam que está na pauta e esperando um recurso que nunca chega”, conclui a alvoradense.

Respostas do Executivo

Em entrevista, o secretário de Obras e Viação (SMOV), Rogério Negreiros, afirmou que a manutenção das duas ruas está no cronograma do próximo mês. “Nós já estamos planejando uma operação para o Jardim Algarve. Nesse contrato as duas ruas serão recuperadas. A nossa ideia é realizar essas obras ainda na primeira quinzena de novembro”, salienta o titular da pasta.

COMENTÁRIOS ( )