Quarta-Feira, 12 de Maio de 2021 |

População comemora a chegada da pavimentação em suas comunidades

A maioria dos bairros do município recebeu investimento na infraestrutura viária

Por Redação em 30 de Abril de 2021

"A Rua Domício da Gama foi pavimentada através de recursos conquistados pelo FINISA" (Foto: Guilherme Wunder)


Desde 2019, a Prefeitura vem conseguindo destravar recursos importantes para a infraestrutura viária do município. isso através de emendas parlamentares, financiamentos (BADESUL e FINISA), Consulta Popular e recursos próprios – esse último para priorizar a pavimentação com blocos de PAVS. Isso fez com que diversos bairros recebessem investimentos nos últimos anos.

Foram 64 ruas através do FINISA – entre recapeamento, alargamento e pavimentação – e 13 ruas do BADESUL. Isso sem contar investimentos menores e a desburocratização das obras da METROPLAN. O maior lote, aprovado através de empréstimo feito pela Prefeitura, ainda está com obras em andamento na cidade e o prefeito projeta ir atrás de mais recursos em breve.

O parecer da comunidade

Uma das ruas pavimentadas foi a Domício da Gama, no Bairro Aparecida. Além do asfalto ter melhorado a qualidade de vida da população, ele também vem auxiliando no trânsito da região. Isso porque a via vem sendo usada como alternativa a Avenida Frederico Dihl. Por causa disso, muitos moradores se mostraram satisfeitos com as obras feitas na região.

Segundo Patrícia Candido, que mora há nove meses no local, a região se valorizou com as obras. “Aqui em casa foi muito bom pela questão da poeira. A rua era boa e patrolada, mas o problema da poeira e do barro era constante. Agora a gente não sofre mais com esse problema. Então terminou esse problema e temos uma rua melhor para andar”, salienta a dona de casa.

Já João de Lima, que reside no bairro há 12 anos, essa obra terminou com o maior problema que a comunidade tinha. “A poeira tomava conta. A mulher limpava a casa de manhã e de tarde já estava tudo sujo. Agora não temos mais esse problema do barro e da poeira. O trânsito aqui na região aumentou também, porque as pessoas estão usando a rua para escapar do movimento”, confessa o aposentado.

Outra rua que recebeu investimentos da Prefeitura foi a Rua Coelho Neto, no Bairro Americana. A obra também agradou os moradores. “Demorou demais, mas chegou. Infelizmente teve gente que morreu lutando pelo asfalto e não viu a rua sendo feita. Essa obra não foi feita de graça e sim pelo nosso imposto pago anualmente. Foram várias gestões ruins e o Appolo está melhorando as coisas”, enfatiza Ronaldo Domingos.

Contudo, o alvoradense que mora há 45 anos no bairro, ressalta que faltou uma atenção da Prefeitura no andamento da obra. “Eu acho que é necessária uma fiscalização maior. A empreiteira fez algumas coisas erradas e a gente que estava conversando com eles. Estamos esperando o término da obra, mas essa é uma rua de importância e que precisava do asfalto pelo seu tráfego intenso de carros”, explica o morador.

Já Karen Cristina conta que era pequena quando começaram a falar do asfalto, mas que há cerca de 12 anos que a comunidade se organizou para cobrar mais. “Foi bem importante essa obra. Ela veio com um pouco de atraso, mas foi muito bom para a nossa comunidade. Eu mesmo tenho que ir ao posto de saúde com a minha mãe e agora conseguimos ir com a cadeira de rodas”, finaliza a dona de casa.

Respostas do Executivo

Em entrevista, o prefeito José Arno Appolo do Amaral (MDB) explicou que a administração vem trabalhando para suprir a demanda reprimida da infraestrutura viária do município. isso porque, segundo ele, junto com o asfalto chegam outros investimentos na saúde, qualidade de vida, valorização do imóvel e possibilidade de crescimento da região.

Por causa disso, ele afirma que a ideia é seguir atrás de investimentos para a pavimentação. “A gente quer que a população sinta orgulho de morar em Alvorada. As nossas ruas melhoraram muito e a pavimentação, seja ela como for, significa muito mais do que apenas o asfalto. Por isso vamos trabalhar para fazer mais e elevar a autoestima dos moradores”, enfatiza o chefe do Executivo.

Para isso, o prefeito não descarta ir atrás de mais recursos externos. “Pretendemos ir atrás de mais recursos para a pavimentação. Essa é a forma que temos de continuar o nosso trabalho. Vamos tentar com os nossos deputados e, se for o caso, com os bancos através de linhas de créditos. Isso porque acreditamos que esse tipo de investimento compensa”, finaliza Appolo.

COMENTÁRIOS ( )