Sbado, 04 de Dezembro de 2021 |

Alvoroço Filmes celebra dez anos com festa na Praça João Goulart

Ação foi promovida em parceria com a Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude

Por Redação em 27 de Julho de 2018

"As atividades foram realizadas no palco central da Praça João Goulart" (Foto: Magno Derlon)


A Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude (SMCJE) e a Alvoroço Filmes realizaram neste domingo, 22/07, a festa de comemoração dos dez anos da produtora. Durante o evento ocorreu a apresentação de bandas locais que fizeram parte da trilha sonora das produções audiovisuais desenvolvidas pelo cineasta Evandro Berlesi e a exibição do longa-metragem “Dá Um Tempo”.

Entre as bandas que se apresentaram estão Plano B, The Gilligans, Danny Fluxo, Verde Black, Mentalidade Registrada, Sacolé de Pus com Christofer, Hay Kay e Maninho Mello. Nesta década de história foram produzidos dez curtas-metragens e cinco longas-metragens. Todos eles foram filmados e produzidos em Alvorada.

Em entrevista, Evandro Berlesi, falou sobre a importância que este evento tinha. “Há muito tempo eu vinha pensando que quando completasse dez anos, eu tivesse condições financeiras pra realizar uma festa. E finalmente chegou o dia e eu não tinha as tais condições”, explica.

Segundo ele, essa celebração só foi possível graças à parceria com a SMCJE e isso pode mostrar uma possível abertura para novos projetos dentro do município. Contudo, Berlesi tem conhecimento das realidades financeiras que o poder público tem no momento e que as dificuldades para colocar novas parcerias para produção são grandes.

Porém, apesar da empolgação e divulgação, a presença de público não alcançou os números esperados pelo cineasta. “Creio que por causa da troca de data. Fizemos uma grande divulgação para o dia 24/06, porém foi adiado por causa da chuva. Ou seja, toda a divulgação foi em vão. Com a nova data, a galera meio que perdeu o animo”, confessa.

Entretanto, por mais que o público não tenha sido o esperado, foi possível reunir atores e personalidades envolvidas nos primeiros projetos. O próprio Berlesi afirmou que havia pessoas que não se viam desde 2008, quando o primeiro projeto foi desenvolvido. Isso também aconteceu com algumas bandas, que haviam encerrado suas atividades e se reuniram para esse show.

Futuro

O filme exibido na Praça João Goulart foi “Dá Um Tempo”. A mesma produção havia sido apresentada há dez anos, no mesmo local. Questionado sobre apresentar seu novo longa-metragem desta maneira, Berlesi disse que hoje não seria possível. “Hoje em dia seria muito difícil reunir milhares de pessoas de pé, numa praça, para assistir um filme dramático de mais de duas horas. Sempre destaco o orgulho de ter conseguido este feito”, conta o alvoradense.

O lançamento do filme está marcado para 10 de agosto no Teatro Bruno Kiefer, na Casa de Cultura Mario Quintana. A exibição será fechada apenas para elenco, equipe, apoiadores e convidados. “Eu gostaria de realizar essa estreia em alvorada, mas aqui não temos nenhum espaço deste tipo. E optei por este teatro, pois possui 166 poltronas”, confirma o cineasta.

O alvoradense já está trabalhando no desenvolvimento do sexto filme e, para esta novidade, a ideia é buscar o engajamento perdido e produzir novamente uma comédia para a população. “Divulgar nas escolas, fazer teste de elenco, oficinas e aí sim partir para as gravações. Cidade Dormitório foi meu único filme que não fiz nada disso. Não houve teste de elenco, eu simplesmente convidei os atores que eu conhecia e comecei a gravar”, conclui Berlesi.

COMENTÁRIOS ( )