Sbado, 31 de Julho de 2021 |

Everton Carvalho e Guilherme Wunder lançam videocast sobre o rock gaúcho

Projeto está em sua terceira temporada e visa comentar os álbuns produzidos no estado

Por Redação em 04 de Junho de 2021

"Everton Carvalho (esq.), historiador, e Guilherme Wunder, jornalista" (Foto: Reprodução)


Em 2014, o historiador Everton Carvalho e o jornalista Guilherme Wunder deram início ao projeto ‘Hoje é Dia de Rock Guri’. O programa era transmitido em uma webrádio de Alvorada e tinha como objetivo contar causos envolvendo o rock produzido no Rio Grande do Sul. O projeto foi finalizado no mesmo ano, mas retornou em 2021 para uma nova leva de episódios.

Quem explica como funcionou esse retorno é o jornalista Guilherme Wunder. “A ideia inicial era apenas regravar os programas de 2014 em um formato de podcast, mas com histórias atualizadas, afinal vivemos muita coisa nesses sete anos. Então, além de trazer as histórias contadas no passado, também trouxemos novos causos que vivemos no rock gaúcho”, salienta o alvoradense.

Contudo, após a gravação e divulgação dos quatro novos episódios – lançados em fevereiro – surgiu a lista dos ‘100 Grandes Álbuns do Rock Gaúcho’. Junto dela, surgiram algumas insatisfações de artistas e do público. Isso fez com que o programa fosse planejado para uma terceira temporada e no formato de videocast. Com isso, desde março, já foram lançados 12 novos programas.

A ideia agora é comentar – segundo a ordem divulgada pelos organizadores do livro – todos os álbuns do rock gaúcho. Contudo, há cada quatro programas, a dupla traz discos “injustiçados”, que são álbuns ausentes na lista. Entre os vídeos já gravados de discos que não constam na lista estão ‘Spermatozoon’ e ‘Neural’, das bandas Cidadão Quem e Reação em Cadeia.

Além disso, alguns episódios contam com entrevistas. Já participaram de vídeos os cantores King Jim (Garotos da Rua), Duca Leindecker (Cidadão Quem), Tchê Gomes (TNT) e Frank Jorge. Também estão com participações confirmadas Marcelo Gross e Tonho Crocco. A ideia é que, nos programas, sejam apresentadas curiosidades sobre a produção dos discos e a opinião da dupla sobre o álbum.

O historiador Everton Carvalho explica a importância que ele vê nesse resgate histórico que está sendo proposto. “O mais importante é entregar encontros ao público, com histórias conhecidas e desconhecidas e que inspiraram muitos músicos atuais, neste processo está a função máxima da história, mostrar como chegamos até este ponto, como as composições antigas fazem parte da musicalidade atual.”, enfatiza Carvalho.

A ideia é que, com isso, se aumente o alcance e o interesse das pessoas com o rock gaúcho. “A lista surgiu como um estopim e a gente comenta no piloto que isso movimentou o cenário do rock no nosso estado. A ideia agora é poder fazer com que ele cresça cada vez mais. O nosso sonho é grande e queremos ajudar a colocar o rock gaúcho de novo no topo das paradas”, confessa Wunder.

Devido a pandemia, os programas sendo gravados, mas de forma remota. Quem explica os motivos é Carvalho. “Vimos Alvorada em um total descontrole com as normas sanitárias e gravar este programa de forma remota é demonstrar que é possível realizar e produzir encontros sem a necessidade de aglomeração, cada um fazendo sua parte vamos sair dessa com menos sofrimento”, finaliza o historiador.

Atualmente existem 12 episódios no ar e o planejamento é de que, ao final dessa temporada, sejam 126 programas – pelo menos – para que todos os álbuns comentados. Os programas são transmitidos todos os domingos, às 11h da manhã, no canal de Guilherme Wunder (https://www.youtube.com/c/BlogdoWunder). Lá será possível conferir os episódios e entrevistas.

COMENTÁRIOS ( )