Quarta-Feira, 12 de Maio de 2021 |

Filmes d’A Semana

Crítica de Moxie: Quando as Garotas Vão à Luta

Por Redação em 30 de Abril de 2021

"Filmes d’A Semana" (Foto: Divulgação)


Essa semana que passou ficou marcada pela cerimônia de entrega dos prêmios do Oscar de 2021. Contudo, mesmo com todos os filmes indicados, tirei o final de semana para assistir um longa-metragem que foi indicado por um assinante do Jornal A Semana: o fanzineiro Paulo Kobielski. O filme em questão foi “Moxie: Quando as Garotas Vão à Luta” e que grata surpresa foi essa.

O que acontece quando se junta uma garota de uma cidade pequena do Texas com o movimento feminista? Esse é o mote que o filme quer responder. Inspirada pelo passado da mãe como Riot Grrrl, antiga integrante do feminismo punk dos anos 90, Vivian (Hadley Robinson) decide começar uma mobilização na própria escola. O filme é baseado na obra homônima de Jennifer Mathieu.

O filme traz discussões importantes e isso tem seu lado positivo e negativo. Vamos começar pelo positivo: trazer para a pauta debates importantes como estupro, abuso e demais crimes. Isso dentro de uma escola. A realidade pode chocar, mas infelizmente acontece e a decisão de trazer esse debate para o cinema ajuda a empoderar as mulheres desde a juventude.

Contudo, o ponto negativo é a romantização de tudo. Infelizmente existem embates fortes que são resolvidos de forma simples e “tudo dá certo no final”. Isso pode passar a impressão de simplicidade ou falta de urgência e pode prejudicar no debate. Contudo, por mais que tenha esse ponto negativo, não acredito que o debate deva cair na mesmice e sim pode servir como exemplo de conquista.

O mais legal é o meio com que isso acontece. Os fanzines – motivo que o assinante Paulo me indicou o filme – são o mote usado para liderar esse movimento. Por mais que seja uma mídia pouco conhecida e considerada por alguns como ultrapassada, no longa-metragem a gente consegue compreender o alcance e a importância que essa publicação pode ter ainda nos dias de hoje.

Tudo isso é mostrado através de boas atuações, mas de uma direção confusa. Apesar de criarmos uma empatia com a protagonista, falta o senso de preocupação. Isso porque todos os conflitos são resolvidos de forma apurada – isso quando a gente compreende as suas origens – e parece que o filme foi mal editado. O potencial era enorme não só na temática, mas também como entretenimento. Contudo isso não aconteceu.

“Moxie: Quando as Garotas Vão à Luta” é um filme que deve ser visto por todos. Homens, mulheres, adultos e adolescentes. Todos vão se identificar com algum momento que o roteiro traz. Para quem quiser assistir, ele está disponível na Netflix. Além de um momento de entretenimento, todos vão encontrar temas que se tornam reflexões depois. E isso é o mais importante.

Estreias da semana

Godzilla vs Kong: Nesse longa-metragem, duas poderosas forças da natureza vão se enfrentar em uma grande batalha. Enquanto a organização científica secreta Monarch caça, investiga e estuda a origem dos Titãs, uma conspiração tem a intenção de acabar com todas as criaturas, sejam elas ameaçadoras ou não. O mundo sobreviverá ao duelo de monstros?

Alice e Peter – Onde Nascem os Sonhos: Antes de Peter se tornar Pan e Alice visitar o País das Maravilhas, eles eram irmãos que viviam em uma idílica casa de campo com seus pais e seu irmão mais velho. Após a trágica morte do irmão, Alice (Keira Chansa) e Peter Pan (Jordan Nash) decidem ajudar seus pais, Rose (Angelina Jolie) e Jack (David Oyelowo), a superarem a dor dessa perda tão traumática.

COMENTÁRIOS ( )