Quarta-Feira, 04 de Agosto de 2021 |

Ginásio Tancredo Neves é palco de atividades físicas e apresentações artísticas durante a pandemia

Projetos desenvolvidos pela Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude são transmitidos nas redes sociais

Por Redação em 30 de Abril de 2021

"Diversos artistas e entidades já participaram das lives desenvolvidas pela Prefeitura no Ginásio" (Foto: Reprodução)


Muitas atividades, principalmente dos setores de esporte e cultura, foram impactadas pela pandemia do coronavírus. As regras de distanciamento influenciaram em uma série de atividades que acabou prejudicando muitos setores, mas principalmente os dois citados acima. Contudo, a Prefeitura trabalha com alternativas para auxiliar os dois meios através das redes sociais.

Por causa disso, o Ginásio Tancredo Neves se tornou um palco digital. Isso porque profissionais da educação física e das artes marciais vem desenvolvendo uma série de atividades que estão sendo transmitidas nas redes sociais da Prefeitura. Além disso, a Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude (SMCEJ) também vem desenvolvendo transmissões ao vivo de apresentações de artistas locais.

A programação de atividades físicas é a seguinte: de segunda a quinta, às 09h, são as aulas de educação física; na sexta, às 09h, tem aula de ritmos; nas terças e quintas, às 10h, tem aula de muaythai; e na quarta, às 10h, de ritmos. Já na parte da tarde, as aulas de taekwondo são realizadas nas segundas, às 18h; enquanto de muaythai é na quarta, no mesmo horário. Já às 19h de terças e quintas-feiras são ritmos.

Lives culturais

Já as lives culturais acontecem todas as segundas, quartas e sextas-feiras, a partir das 20h. Em entrevista, o secretário da SMCEJ, Jefferson Teixeira, explica que a administração não tem gastos para desenvolver o projeto. “Toda a estrutura é da Prefeitura. Nós não temos custo algum para colocar as lives no ar. Inclusive contamos com trabalho voluntário para colocar esse projeto do ar”, salienta o titular da pasta.

Segundo ele, devido a falta de recursos para poder investir, a Prefeitura também não consegue repassar recursos aos artistas que se apresentam no Ginásio. A ideia é auxiliar com a estrutura para que eles possam se apresentar e, no futuro, ir atrás de recursos em outros editais – assim como foi feito no caso da Lei Aldir Blanc –, mas ainda não existe nenhuma previsão.

A programação de apresentações já está fechada até o final do mês de maio, mas isso não impede que novas inscrições aconteçam. “Nós estamos utilizando o cadastro que temos da Lei Aldir Blanc e todos os artistas que quiserem se apresentar podem nos procurar. A gente não fecha a porta para nenhum artista da cidade e trabalhamos com todas as culturas do nosso município”, enfatiza o secretário.

O projeto das lives deve crescer no decorrer do ano. Isso porque, segundo o titular da pasta, existe a expectativa de abrir o Ginásio para os artistas da cidade. “Quando as atividades com o público forem retomadas, nós queremos transformar o Ginásio em um espaço cultural com a sexta da cultura. A ideia é poder receber artistas para que eles se apresentem aqui no ginásio e com a presença do público”, finaliza Teixeira.

COMENTÁRIOS ( )