Quinta-Feira, 27 de Janeiro de 2022 |

7ª FECEA reúne alvoradenses em cerimônia de premiação na Câmara de Vereadores

Foram mais de 900 filmes participantes no Festival de Cinema Escolar de Alvorada

Por Redação em 10 de Dezembro de 2021

"‘Sítio dos Açudes: Território e Memória’ é o vencedor nas categorias de documentário e júri popular" (Foto: Divulgação)


O Festival de Cinema Escolar de Alvorada, que recebeu 905 filmes do Brasil e do exterior na sua 7ª edição, realizou a cerimônia de premiação em formato híbrido no sábado, 04/12. Presencialmente, a cerimônia ocorreu na Câmara de Vereadores, mas participantes de diversos estados do Brasil e mais de 20 países estiveram virtualmente presentes através da plataforma Google Meet.

O evento também foi transmitido pelo Youtube, contando com centenas de acessos pelo público. Além de representações de estudantes das escolas municipais Leonel Brizola, Frederico Dihl e Nova Petrópolis, marcaram presença delegações de São Leopoldo e Cachoeirinha. O FECEA é organizado pelo Projeto Clube das 5 da Secretaria de Educação (SMED) e o Projeto Primeira Tela da Escola Leonel Brizola.

Para os coordenadores Adailton Moreira e André Bozzetti, a realização da cerimônia na Câmara foi uma grande alegria nesta retomada das atividades presenciais. Apesar do evento contar com um público reduzido se comparado aos anos anteriores, devido às regras de distanciamento ainda em vigor, o formato híbrido possibilitou a interação entre o público presente e os jovens cineastas que acompanhavam a cerimônia de casa.

Antes da premiação, foi realizada uma mostra de curtas que contou com produções que concorriam aos principais prêmios do festival. A ideia era que mais pessoas pudessem ser impactadas pelos projetos. “Ainda foi possível perceber os impactos da pandemia na produção dos alunos, tanto nas estratégias para realizar os filmes quanto na temática recorrente neles”, afirma Bozzetti.

Moreira destacou a importância da realização do FECEA em um momento em que a cultura no Brasil enfrenta tantos desafios, citando o incêndio na Cinemateca Brasileira como um marco dessa fase de adversidades. Para 2022 os coordenadores trabalham com a possibilidade de realizar atividades do festival durante o ano todo, visando a divulgação e incentivo aos alunos da rede para participarem desse evento.

Vencedores de Alvorada

“Velho Jovem Idoso”, de Cauê Monteiro, da EMEF Nova Petrópolis: Vencedor de Melhor Filme na categoria Séries Finais, Melhor Ator, para Lucas Ramos, e Melhor Atriz Coadjuvante, para Alice Ramos.
“(L)Ouça”, de Ana Lucia Welter, do IFRS Campus Alvorada: Vencedor dos prêmios de Melhor Filme de Ensino Médio e Melhor Fotografia.
“A Loucura do Tempo”, de Cauê Monteiro, da EMEF Nova Petrópolis: Vencedor dos Prêmios de Melhor Atriz, para Thayla Muriel, e Melhor Produção.
“Primórdios de Alvorada”, de Deivid Henrique Seibert Pereira, da EMEF Frederico Dihl: Vencedor dos prêmios de Melhor Roteiro e Melhor Direção.
“Sítio dos Açudes: Território e Memória”, de Thais da Silva, Sara Dias, Maria Eduarda Roidrigues, Mauren Franciele Rodrigiues e Érika Vitória Cunha, da EMEF Leonel de Moura Brizola: Vencedor do Prêmio Eduardo Coutinho de Melhor Documentário e Melhor Filme Pelo Júri Popular.

COMENTÁRIOS ( )