Sexta-Feira, 18 de Junho de 2021 |

Em escola de Alvorada, governador acompanha início da distribuição de 95 mil cestas básicas a famílias vulneráveis

Famílias foram buscar cestas básicas na escola Stella Maris

Por Redação em 04 de Junho de 2021

"Governador disse que Estado atua para reduzir transtornos e impactos nas famílias afetadas pela pandemia" (Foto: Divulgação)


Com o intuito de beneficiar alunos em vulnerabilidade social e suprir a necessidade de famílias afetadas pela pandemia, o governo do Estado começou a distribuir 95 mil kits de alimentação. Nesta quarta-feira, 02/06, o governador Eduardo Leite (PSDB) e a secretária da Educação, Raquel Teixeira, foram acompanhar o início da distribuição na escola Stella Maris, em Alvorada.

O governador falou da importância de distribuir as 95 mil cestas básicas para alunos e famílias e destacou que outras 70 mil serão entregues as famílias de detentos e pessoas da cultura. “Ou seja, é uma série de frentes em que estamos atuando, buscando reduzir os transtornos e impactos, claro, a fome das pessoas que estão muito afetadas pela pandemia”, afirma Leite.

Recebido pela diretora Lise Fernanda Barcellos, Leite aproveitou para conhecer as dependências da escola e recebeu demandas da instituição. “Foi uma visita importante, para acompanhar a dedicação dos profissionais da escola, da equipe diretiva e todos os seus funcionários, todos muito dedicados a ficarem próximos da comunidade escolar e enfrentar as dificuldades impostas pela pandemia”, acrescenta o governador.

Cada cesta pesa 26,5 kg, o que totaliza mais de 2,5 mil toneladas de alimentos. Apenas na Stella Maris, 100 kits foram entregues a famílias da localidade. “A escola Stella Maris está recebendo com muita alegria e empolgação a visita do governador, que veio conversar com as famílias e os estudantes, ver de perto como está o retorno presencial às aulas, distribuir cestas básicas e ouvir as demandas”, afirmou a secretária Raquel.

Para os 95 mil kits de alimentação, o investimento foi de R$ 16,5 milhões com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e irá beneficiar todas as escolas estaduais das 30 coordenadorias regionais de educação (CRE). Na primeira remessa, serão entregues mais de 12 mil kits. Os valores com as outras 70 mil cestas não foram divulgados pelo Estado.

COMENTÁRIOS ( )