Domingo, 26 de Setembro de 2021 |

Após uma semana sem jogos, Rabelo volta a quadra para enfrentar o Canoas

Equipe alvoradense jogará em busca de sua primeira vitória na Série Ouro

Por Redação em 30 de Julho de 2021

"A Rabelo jogou no Ginásio Tancredo Neves e empatou na última rodada, realizada há duas semanas" (Foto: Evaldt Fotografia)


Neste sábado, 31/07, a Rabelo volta as quadras para ir atrás de sua primeira vitória na Série Ouro de 2021. Dessa vez a equipe alvoradense joga fora de casa contra o Canoas. O clube da região metropolitana já fez três partidas na competição e tem uma vitória e duas derrotas. Já a Rabelo fez apenas dois jogos – folgou na última semana – e conta com dois empates até o momento.

No momento, Canoas ocupa a quinta colocação e a Rabelo está em sétimo lugar – são nove equipes. Em entrevista, o treinador Kelvin Lopes falou da importância dessa folga na rodada para os treinamentos. “A importância desse meio mês parado é para reorganizar a equipe. Isso pensando que a gente acertou mais do que errou nessa temporada, mas é importante o tempo para trabalhar”, salienta o técnico.

Para este jogo, a equipe não contará com o artilheiro Mairon, que está suspenso. Contudo, o técnico ressalta que isso não deve afetar o time. “A gente não tem uma equipe titular e todos estão recebendo oportunidades. Todos estão amadurecendo e ganhando tempo. isso acontece pensando no nosso padrão de jogo e o nosso sistema. Nós sempre buscamos trabalhar as situações que podem surgir”, destaca o treinador.

Mairon atualmente conta com quatro gols em dois jogos, mas foi expulso na última partida. Ele esteve presente e marcou nos empates contra o Riograndense e o São José de Cachoeira. Caso a equipe alvoradense vença essa partida, pode chegar há cinco pontos. Com isso, o clube sobe da sétima colocação para o quarto lugar na Série Ouro deste ano.

Contudo, mesmo indo atrás da primeira vitória, o treinador afirmou que não pretende mexer no time para este confronto em Canoas. “Nós não jogamos para o adversário. Sabemos que eles têm características e precisamos neutralizar, mas nós jogamos do nosso jeito. É claro que sabemos os pontos fortes do adversário, mas isso não vai alterar à nossa maneira de atuar”, finaliza Lopes.

COMENTÁRIOS ( )