Quarta-Feira, 23 de Junho de 2021 |

Considerado o treinador mais jovem do país, alvoradense se prepara para a temporada do Sport Club Rio Grande

Claudio Junior tem 24 anos e já trabalha no time principal do sul do estado

Por Redação em 30 de Abril de 2021

"O treinador já trabalhou nas categorias de base do clube, mas somente nesta temporada chegou ao time principal" (Foto: Divulgação)


Claudio Junior tem 24 anos e é cria de Alvorada. Nasceu no Bairro Americana, mas hoje mora em Rio Grande. O jovem se prepara para a disputa da segunda divisão, que começa no dia 02 de maio. Ele defenderá as cores do Sport Club Rio Grande, mas não como jogador de futebol e sim como treinador. Isso mesmo. O alvoradense de 24 anos é o treinador do time do sul do estado.

Ele ficou conhecido na última semana por ser o treinador mais jovem em atividade no país. Formado em educação física, o alvoradense foi auxiliar técnico das categorias iniciais no São José e treinador do sub-15 e sub-17 do Vila Nova de Passo Fundo. Chegou a Rio Grande em 2019, onde foi treinador do sub-17, sub-19 e sub-20 até chegar a equipe profissional.

O jovem conta que jogou em escolinhas de futebol, mas aos 17 anos ingressou na faculdade, depois de ver que não seria possível seguir como atleta. “A vontade de ser treinador vem muito da minha paixão por futebol, sou um cara que respira isso, sempre gostei, joguei futebol em escolinhas desde os 5 anos de idade, estive em categorias de bases de alguns clubes no estado”, conta o alvoradense.

Oito anos após ingressar na faculdade, o educador físico assume o maior desafio de sua carreira até então. Nessa temporada o Sport Club Rio Grande se prepara para jogar a segunda divisão, que começa no domingo, 02/05. Além desse torneio, a equipe também disputará o campeonato citadino de Rio Grande e a Copa FGF, que dá vaga ao campeão para a Copa do Brasil.

Com isso, serão pelo menos três competições e isso deixa feliz o treinador. “A expectativa é muito boa, fizemos um grupo um pouco diferente dos últimos anos. Temos uma mescla de jogadores mais experientes com os mais jovens. Porém um grupo muito competitivo, o setor da captação do clube foi muito feliz nas suas escolhas pois formamos uma equipe competente’, salienta Claudio Junior.

Além das conquistas, o treinador acredita que vai adquirir muitas experiências nessa etapa e afirma que o objetivo é de trabalhar forte para devolver o nome de Rio Grande ao cenário nacional. Cabe ressaltar que o clube é o mais antigo do país e o treinador enfatiza que está confortável e acredita que o grupo de atletas, comissão técnica e diretoria são capazes de conquistar os objetivos.

Uma das dúvidas é sobre sua relação com os atletas, tendo em vista a idade. Contudo, ele afirma não ter problema com isso e trabalha com base no respeito pelo bom ambiente de trabalho. “Está sendo até mais tranquilo do que imaginava. Os atletas experientes, assim como os mais novos servem de escola para mim, consigo adquirir muito conhecimento através da experiência deles”, salienta o treinador.

Claudio Junior ressalta ter ciência das dificuldades que a profissão de treinador tem no país. Isso devido a instabilidade do cargo e a busca incessante por resultados, por mais que ele não veja o futebol assim. Contudo, ele acredita ter competência e dedicação para apresentar um trabalho qualificado da melhor forma possível durante as três competições da temporada.

Por último, o profissional falou sobre sua relação com a terra natal. “Alvorada é minha casa, minha terra. Minha família e meus amigos são daí, hoje eu vou somente para visitar, sempre que posso estou aí. Mas sem dúvidas pretendo voltar um dia, quem sabe, bem estruturado para elaborar um projeto pela nossa cidade. Por hora, levo aonde eu for com muito carinho o nome de Alvorada”, finaliza Claudio Junior.

COMENTÁRIOS ( )