Quarta-Feira, 12 de Maio de 2021 |

Rabelo disputará a Série Ouro organizada pela Federação Gaúcha de Futebol de Salão

União das entidades que foi anunciada anteriormente acabou não se concretizando

Por Redação em 23 de Abril de 2021

"No momento a Rabelo se prepara para a disputa do torneio e está atrás de um Ginásio para os treinamentos e jogos" (Foto: Arquivo A Semana)


No início de abril, o Jornal A Semana noticiou que a Federação Gaúcha de Futebol de Salão (FGFS) e a Liga Gaúcha haviam anunciado a unificação de seus torneios para realizar o Gaúchão de Futsal. Contudo, a notícia divulgada inclusive pela Liga Nacional de Futsal e nas redes sociais das duas entidades, acabou não se confirmando e as duas competições seguem seus caminhos.

Com isso, a Rabelo segue na disputa da Série Ouro. O torneio começará no dia 05 de junho e contará com 12 equipes – incluindo a Rabelo. São elas: UFSM, BGF Futsal, SC Rio Grande, SERCESA, Passo Fundo, São José, Brasil Futsal, SER Canoense, SER Itaqui, Paulista, Santa Cruz, AES e Guarani. Os clubes se enfrentarão em turno e returno e sem grupos divididos.

Avaliação da diretoria

O Jornal A Semana conversou com o presidente da Rabelo, Celso Rovani, para compreender o impacto dessas mudanças no planejamento do clube. Isso porque a equipe alvoradense era um dos clubes anunciados para disputar esse campeonato gaúcho que seria unificado. Confira abaixo a entrevista completa com o dirigente do time que representa Alvorada na Série Ouro.

Jornal A Semana – Por que a Rabelo optou por jogar apenas o torneio da Federação?
Celso Rovani – A Rabelo até tentou jogar os dois, mas nós não temos como jogar os dois devido ao calendário. Por isso nós optamos pelo torneio da Federação. Até porque a Série Ouro nos dá chances de chegar em competições nacionais.

Jornal A Semana – Nesse ano, nenhum dos três grandes disputará a Série Ouro - a ASSOEVA foi para o Gauchão. Qual o impacto disso no nível técnico da Série Ouro?
Celso Rovani – É legal jogar contra times grandes como a ASSOEVA, mas eu não acho que a saída deles vai diminuir a qualidade do torneio. O mais importante é a gente fazer uma competição e construir o nosso nome cada vez mais forte.

Jornal A Semana – O que muda no planejamento da equipe para a temporada?
Celso Rovani – Não muda muito, até porque teríamos os mesmos jogos. A gente está fazendo o trabalho de forma empolgada para que as coisas funcionem da melhor forma. Posso dizer que até estamos mais motivados para lutar pelo título.

Jornal A Semana – Já tem data para apresentação de treinador, jogadores e início dos trabalhos?
Celso Rovani – Está complicado arrumar apoios na cidade. A gente está correndo atrás de um local para treinar e jogar, já que o Ginásio está sendo usado para a vacinação. A nossa prioridade é essa no momento e estamos trabalhando para resolver essa situação.

COMENTÁRIOS ( )