Quarta-Feira, 20 de Outubro de 2021 |

Previsão de agosto não é cumprida e prédio do Centro da Juventude segue fechado

Contudo, em nota enviada pelo Estado, foi informado que a retomada das obras deve ocorrer nos próximos dias

Por Redação em 27 de Agosto de 2021

"Segundo os relatos da comunidade, faz mais de um ano que a obra está parada" (Foto: Guilherme Wunder)


Um dos empreendimentos mais aguardados pela comunidade do Bairro Salomé segue de portas fechadas para a comunidade. Trata-se do Centro da Juventude, que deveria ter sido inaugurado em agosto deste ano. Contudo, com o fim do mês, a reportagem do Jornal A Semana foi ao local e averiguou, segundo relatos de moradores, que a obra não foi retomada e o prédio segue fechado.

Histórico

Em 2017, Alvorada foi beneficiada com o Centro da Juventude. O projeto, desenvolvido pelo Governo do Estado, foi alocado inicialmente junto ao Centro de Capacitação Profissional Milton Santos, localizado no Bairro Maria Regina. Isso porque está sendo construída a sede própria do CJ. Contudo, problemas nas obras fazem com que os atrasos sejam constantes.

O prazo inicial era de que a nova sede fosse concluída e entregue em abril de 2019 – algo que não ocorreu. Desde então já se trabalhou com outro prazo, que era julho. A Kaefe Engenharia e Empreendimentos Imobiliários está trabalhando na obra, que fica ao lado do campo do Palmeirinhas. Contudo, não foi apenas a obra de Alvorada que atrasou. Todos os centros que estão sendo construídos tiveram seus prazos revistos.

Contudo, julho terminou e, novamente, o prazo não foi cumprido. Em nota, os motivos foram explicados. Depois disso, dois novos prazos foram apresentados pela equipe responsável pela obra: outubro e dezembro. Todavia, ambas as promessas não foram cumpridas. Para agravar o problema, houve a troca de mantenedora do projeto em Alvorada.

Em dezembro do ano passado, pouco antes da virada do ano, uma nova reportagem foi produzida. Na época, foi informado que a obra do Centro da Juventude estava suspensa devida há um impasse entre as planilhas financeiras da fiscalização com as da Kaeffe Engenharia. A Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH) estava intermediando a conciliação para que até agosto de 2021 o prédio estivesse funcionado.

E agora...

Contudo, ao chegar no local, foi possível averiguar que as obras não foram concluídas e o espaço segue fechado. “Já faz tempo que está tudo parado. Faz mais de um ano que não vemos movimentação na obra. A gente quer muito que isso termine porque os nossos jovens poderiam fazer cursos ao invés de ficar em casa. Eles precisam investir nisso”, desabafa Jussara Ferreira, que mora em frente ao prédio.

Essa insatisfação com a demora na entrega é grande e existem outros moradores que estão indignados. “Faz muito tempo que só enxergamos o vigia cuidando, mas ninguém trabalhando na obra. Seria muito importante para nós que entregassem essa obra. O que falta na Salomé são investimentos nos jovens. Imagina quantos jovens não estariam aproveitando essa estrutura se estivesse pronta?”, pondera Carlos dos Santos.

Posicionamento do Estado

Em nota, o Governo do Estado informou que foi assinado na quinta-feira, 26/08, a ordem de reinício das obras. Assim que a obra for retomada, a previsão é de que seja concluída em 60 dias. Contudo, ainda existe um trâmite de vistoria do prédio. Questionado sobre o atraso, foi explicado que diversos motivos impactaram na conclusão dentro do prazo.

Estava sendo aguardado a aprovação do projeto elétrico junto a concessionária. Também ocorreu uma troca de fiscalização, que antes era feito por consultores terceirizados e agora é por servidores da Secretaria de Obras. Além disso, também houve o impacto da pandemia. com o acordo assinado entre o Estado e a empresa responsável, agora se aguarda a retomada, que deve ocorrer nos próximos dias.

COMENTÁRIOS ( )