Quinta-Feira, 27 de Janeiro de 2022 |

Rejane Brum assume a presidência da SOCIETÀ por dois anos

Alvoradense teve sua posse no dia 26 de novembro e permanece no cargo até novembro de 2023

Por Redação em 03 de Dezembro de 2021

"Rejane Brum assume o posto deixado por Adriana Armani como presidente" (Foto: Divulgação)


A Sociedade Italiana de Alvorada (SOCIETÀ) realizou na última semana a solenidade de posse da nova diretoria da entidade. Com isso, Rejane Brum assume o cargo de presidente da entidade pelos próximos dois anos. A entidade, fundada em 2005, já se prepara para a retomada dos eventos para atrair o público que deixou de sair devido a pandemia da Covid-19.

Em entrevista, a nova presidente falou sobre a missão que tem pela frente. “Sentimento de gratidão e ao mesmo tempo uma grande responsabilidade. Acompanho a SOCIETÀ desde a sua fundação em 2005 e de lá para cá o conceito da entidade só cresceu. Por isso a responsabilidade de mantermos o nível dos eventos e do ambiente familiar. Agradeço aos associados pela confiança depositada à nossa diretoria”, destaca Rejane.

A ideia de Rejane e dar sequencia aos projetos que estão em andamento, pois ela acredita que eles são da entidade e não de uma diretoria. Contudo, entre as medidas que pretende adotar, estão ações para alavancar o número de associados e frequentadores da Casa de Cultura. Além disso, se pretende dar sequencia as obras iniciadas em 2017 e fazer parcerias para o uso do auditório.

O grande desafio é atrair novamente o público para os eventos e oficinas promovidas pela entidade. “Nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro a entidade loca o espaço para eventos de terceiros. Os nossos principais eventos mensais são os jantares, que acontecem sempre na última sexta-feira de cada mês. Se os protocolos sanitários permitirem, retomaremos os jantaremos no final de março”, salienta a presidente.

Por último, a liderança agradeceu a confiança dos associados que a elegeram pelos próximos dois anos à frente da SOCIETÀ. “Acredito que com a vacinação a pandemia será amenizada e a vida retornará ao normal. Neste sentido, queremos convidar os alvoradenses para que conheçam a SOCIETÁ. É uma entidade aberta e familiar onde todos são bem-vindos”, conclui Rejane.

COMENTÁRIOS ( )