Quinta-Feira, 26 de Maio de 2022 |

Ambiental METROSUL mobiliza equipes para trocar mais de 35 mil hidrômetros na região metropolitana

Somente em Alvorada, serão trocados em torno de 5,3 mil destes equipamentos

Por Redação em 29 de Abril de 2022

"Residências que permanecerem com o equipamento vencido serão notificados pela CORSAN e o abastecimento de água poderá ser suspenso" (Foto: Divulgação)


Os trabalhos foram intensificados nas nove cidades atendidas pela Parceria Público-Privada e são necessários nos imóveis cujos aparelhos estão com a validade de cinco anos vencida ou prestes a vencer, conforme a vida útil determinada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – INMETRO. Importante lembrar que o serviço é realizado gratuitamente, sem custo ao usuário.

Ao todo, 35,6 mil hidrômetros devem ser substituídos até o dia 5 de maio, sendo que Gravataí (6,8 mil), Canoas (6,5 mil), Alvorada (5,3 mil) e Cachoeirinha (4,1 mil) são os municípios com as maiores concentrações de trocas. As residências que, mesmo após a tentativa de troca e a orientação por uma equipe da METROSUL permanecerem com os aparelhos vencidos poderão ter o abastecimento de água suspenso.

Para agilizar os trabalhos e atender os mais de 35 mil imóveis, a empresa reforçou suas equipes e aproximadamente 80 colaboradores estão atuando nos atendimentos. “Pedimos a colaboração dos moradores a fim de que a troca do registro seja feita quando for solicitada pelos profissionais da empresa, devidamente identificados”, salienta o Coordenador de Hidrometria da Ambiental METROSUL, Matheus Reato.

Importância da substituição dos hidrômetros

Os medidores registram o consumo de água e, com o tempo, sofrem um desgaste que compromete o seu funcionamento. Conforme determina o contrato firmado junto à Parceria Pública-Privada, a Ambiental METROSUL está substituindo os aparelhos avariados, com validade vencida ou próxima de expirar com o objetivo de garantir maior precisão nos registros do volume de água que é consumido pelos usuários.

A recomendação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – INMETRO, órgão certificador, é de que a troca seja feita a cada cinco anos, tempo de vida útil do equipamento. Aproximadamente 160 mil hidrômetros já foram trocados pela empresa desde que assumiu a operação na Região Metropolitana de Porto Alegre, em dezembro de 2020.

COMENTÁRIOS ( )