Sexta-Feira, 21 de Janeiro de 2022 |

Resolução do Conselho de Recursos Hídricos regra captações de água no Rio Gravataí durante escassez hídrica

O acordo permite captações de água durante o período de verão, entre dezembro de 2021 e abril de 2022

Por Redação em 10 de Dezembro de 2021

"Os níveis do Rio Gravataí podem ser acessados no site da SEMA" (Foto: Divulgação)


O governo do Estado, por meio da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (SEMA) e do Conselho de Recursos Hídricos (CRH), publicou a Resolução CRH/RS n° 390, que trata do acordo conduzido pelo Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Comitê Gravatahy sobre as captações diretas no Rio Gravataí entre dezembro deste ano a abril de 2022, diante da perspectiva de mais um ano de escassez hídrica.

No texto, também fica estabelecido que, quando o rio atingir o nível de alerta nas estações Alvorada (abaixo de 1,60m) e Gravataí (abaixo de 0,80m), poderá ser realizado rodízio, com a determinação de captação intermitente para o setor agrícola. O secretário e presidente do CRH, Luiz Henrique Viana, afirma que o objetivo da medida é garantir o fornecimento de água para a população em períodos de falta de chuvas.

Quando for considerada situação crítica, ou seja, quando os níveis estiverem abaixo de 1m30cm (em Alvorada) e 50cm (em Gravataí), todas as captações que não forem destinadas ao abastecimento humano, como agricultura, comércio e indústria, devem ser suspensas até que a situação normalize. A notificação dos usuários do comércio e da indústria será de responsabilidade da CORSAN.

Quem também se pronunciou sobre a medida foi o presidente do Comitê Gravatahy, Sérgio Cardoso. Ele reforçou que estão sendo feitos todos os esforços para que a população não seja prejudicada. “Essa Resolução é um avanço, pois colabora para a gestão dos recursos hídricos e facilita a negociação de acordos entre usuários de água, população e governo”, enfatiza a liderança.

COMENTÁRIOS ( )