Sexta-Feira, 01 de Julho de 2022 |

33 deputados estaduais assinam documento contra a instalação de pedágio na ERS 118

O Movimento RS 118 Sem Pedágio, que busca evitar a...

Por Redação em 27 de Maio de 2022


O Movimento RS 118 Sem Pedágio, que busca evitar a instalação da praça de pedágio mais questionada do Plano de Concessões de Rodovias do Governo do Estado, conquistou o apoio de 33 deputados estaduais na terça-feira, 24/05. Na ocasião, o coordenador do Movimento, Darcy Zottis, visitou a Assembleia Legislativa/RS e apresentou o documento aos 55 deputados estaduais, e que será entregue, nos próximos dias, ao governador Ranolfo Vieira Júnior (PSDB).

Dos 55 parlamentares, 33 já subscreveram os argumentos apresentados pelo Movimento, visando evitar a instalação da praça de pedágio, e bancadas numerosas ficaram de se posicionar em 1 semana.

No documento, são elencados os inúmeros pontos negativos do projeto: “rodovia urbana de tráfego doméstico e para trajetos curtos; posicionamento contrário ao pedágio unânime nas comunidades, associações empresariais, câmaras de vereadores, prefeitos, lideranças políticas e GRANPAL; aumento do desemprego; redução da empregabilidade com a criação do maior bolsão de pobreza e criminalidade do RS; aumento do custo de alimentos, transportes, produtos e serviços; inibição de novos investimentos e inviabilização das atividades de empresas instaladas, forçando sua saída dos municípios; transferência do tráfego para dentro dos municípios devido á rotas de fuga; e arrecadação do pedágio prevista em 4 bilhões para duplicação de 16 km pendentes orçada em 110 milhões; são os principais argumentos”, destaca Zottis. “É importante o apoio maciço dos deputados gaúchos, para sensibilizarmos a única parte que ainda não está convencida deste pedágio mal planejado e altamente prejudicial para nossa região”, concluiu o coordenador do Movimento RS 118 Sem Pedágio.

COMENTÁRIOS ( )