Tera-Feira, 22 de Junho de 2021 |

Editorial

A vacina está chegando. E agora?

Por Redação em 15 de Janeiro de 2021


O plano de imunização está chegando. Nos últimos dias estamos recebendo informações da União, Estado e Prefeitura sobre como funcionará a distribuição da vacinação contra o coronavírus. Após quase um ano da pandemia no Brasil, parece que dias melhores virão e a tão aguardada “volta à normalidade” está cada vez mais próxima de deixar de ser um sonho e se tornar realidade.

Aclamada por alguns, vista com desconfiança por outros; as vacinas que chegam ao Brasil têm como objetivo imunizar a população brasileira. Por enquanto ainda são poucas doses, mas aos poucos devem chegar novas remessas – inclusive de vacinas diferentes – que estão sendo adquiridas pelos poderes constituídos e que serão distribuídas de forma gradual pelo país.

Mas será que vai ter para todos? Isso é uma dúvida que circunda a cabeça e as rodas de conversas de muitas pessoas. Existem dúvidas de quando as pessoas que não estão nos grupos de risco poderão se vacinar e se vai haver à disposição intermédio da iniciativa privada em algum momento. Isso pode elitizar a imunização devido aos valores que podem envolver esse planejamento.

Também existe a politização da doença, que parece estar chegando ao final. Foram diversos boatos de todos os lados que muitas vezes acabam atrapalhando mais do que ajudando e isso prejudica a todos os envolvidos. Contudo, com a vinda das vacinas e a retomada da normalidade, discussões como essa podem ficar para trás. Na verdade é necessário que isso ocorra.

Diante do futuro próximo e de diferentes origens, preços, dosagens, poderemos nós escolher a que nos apraz? É direito do cidadão querer ou não ser vacinado e será respeitado pelos poderes constituídos. Parece que isso de fato vai ser mantido, mas é necessário ficar atento aos próximos capítulos desta história e não nos furtaremos em fazê-la jornalisticamente.

COMENTÁRIOS ()