Sbado, 22 de Janeiro de 2022 |

Opinião

A dimensão do preconceito

Por Redação em 31 de Outubro de 2014


A contemporaneidade apesar dos avanços tecnológicos, ainda, registra uma onda universal de preconceito. O fenômeno social que caracteriza esta discriminação e segregação é a recusa em aceitar a alteridade... A diferença. O Outro!
O modelo cultural ocidental prioriza suas culturas nacionais em detrimento de outras maneiras do “fazer” humano – de pensar – sentir – e em outras possibilidades de ser e existir...
A diferença afasta e com isso fica empobrecida a “ecologia das subjetividades”. Neste estado de coisas não se cultua a troca – o intercâmbio. Não se permite a miscigenação. O preconceito obedece, também, a uma pretensa superioridade que algumas pessoas supõem ter umas sobre as outras.
O preconceito contribui, significativamente, para perpetuar os conflitos entre as pessoas e ideias, conceitos e valores. Urge a emersão de um diálogo democrático e conciliador, integrador das mais variadas formas de expressão, integrando culturas no respeito à diferença, à dignidade humana, promovendo um modelo existencial plural e multifacetado.

Reinaldo Müller
Consultor de Marketing e Vendas - Instrutor de Vendas. Especialista em Gerência de Vendas pela ADVB-SP - Multiplicador de Endomarketing (Planeta Marketing/SP).

COMENTÁRIOS ()