Sbado, 22 de Janeiro de 2022 |

Opinião

NOTA PÚBLICA

Por Redação em 09 de Maio de 2014


O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos, assim nos ensinou o Presidente João Goulart. O Trabalhismo está na memória dos brasileiros porque está gravado numa longa trajetória de conquistas. A jornada de oito horas, o salário mínimo, as férias remuneradas, a adoção de uma legislação de proteção ao trabalhador e o direito à organização sindical, foram conquistas do Trabalhismo de Getúlio, Jango e Brizola para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil.
Neste sentido, vimos a público manifestar nossa contrariedade com o fato de a gloriosa Brigada Militar ter sido acionada pelo Poder Legislativo para reprimir a manifestação dos Servidores Públicos, durante a última sessão da Câmara Municipal. É inconcebível que os Vereadores, eleitos democraticamente para representar nos representar, se utilizem de força policial para impedir a manifestação daqueles que nos auxiliam diariamente na árdua e difícil tarefa de construir uma Alvorada melhor.
Este tema não é novo para nós. Temos lutado dentro de nosso partido, o PDT, pedindo mais democracia interna para estimular a participação popular. Temos sido alvo de críticas e amargado derrotas nesta luta, mas não nos cansamos de reclamar nas instâncias internas sobre a necessidade de oxigenação através de eleições diretas para o comando partidário, por exemplo. Durante décadas, nós políticos de uma maneira geral deixamos de escutar o povo, e esse silêncio é somado à impunidade e ao descrédito de nossas instituições. Quando os Servidores Municipais são impedidos de se manifestar na “Casa do Povo”, fica nítida a distância dos partidos e suas bases. A distância dos políticos e dos sonhos e utopias que movem a nós, idealistas.
Por fim, reafirmamos o nosso compromisso, o compromisso do verdadeiro PDT de Leonel Brizola, com os trabalhadores e trabalhadoras e repudiamos qualquer ato que atente contra a garantia dos direitos dos trabalhadores brasileiros, conquistados com muita luta, marcada por suor, sangue e lágrimas.

Tiano Caduri
Presidente Juventude Socialista- PDT Alvorada

COMENTÁRIOS ()