Sbado, 22 de Janeiro de 2022 |

Opinião

Só faltou gerar riqueza: as lições do Grupo EBX

Por Redação em 06 de Dezembro de 2013


São muitos os comentários sobre as causas do colapso do Grupo EBX, comandado pelo empresário Eike Baptista. No meu modo de ver, a verdadeira causa não está no plano de negócio, na estratégia e nem na administração financeira, mas sim na falta de alinhamento com a missão empresarial. Da mesma forma que nascemos neste mundo porque temos uma missão a cumprir, a empresa também nasce porque existe uma razão, um valor, uma missão.
A missão deve ser o mandamento que guia todos os procedimentos, condutas e relações de negócios pela empresa inteira - a começar pelo presidente, diretores, gerentes e funcionários. Escrever a missão da empresa é a coisa mais importante e a primeira coisa a ser realizada pelo empreendedor. Então, qual é a missão de uma empresa? É criar, desenvolver, produzir produtos ou serviços para suprir as necessidades das pessoas. Isso é gerar “riqueza”.
Muitas pessoas consideram como riqueza apenas coisas como ouro, diamante, petróleo, dinheiro, fazenda, fábrica, etc. São coisas que tem muito valor econômico, coisas mensuráveis monetariamente. A vassoura, a caneta, pão, leite, ouro, dinheiro, petróleo. Tudo é riqueza.
Quanto mais um produto ou serviço possuir estas duas características, mais valor intrínseco ele terá. Quanto mais “valor” tiver, maior será seu “preço” de mercado. É o “valor agregado” ou “valor percebido” que os consultores de empresas dizem para agregar nos produtos ou serviços. O que as empresas precisam produzir são riquezas que possuam intrinsecamente muito destas duas características.
A riqueza é também a manifestação de uma mente rica, pensamento de abundância e grandeza interior. Neste aspecto, Eike Baptista é exemplo de mente rica, abundante que conseguiu materializar riquezas aparentes. Mas, as coisas aparentes aparecem e desaparecem com o tempo. Só faltou gerar a verdadeira riqueza, que é a base necessária para dar a sustentabilidade e continuidade à riqueza.
Ser rico significa que se tem a capacidade de produzir algo com a capacidade de beneficiar grande número de pessoas e que tem também uma mente rica que atrai a riqueza. Se muitas pessoas do mundo necessitarem da riqueza que produz, você tem a possibilidade de conquistar o mundo e ficar rico. Exemplos não faltam: Steve Jobs, Bill Gates, etc.
Agora é só tirar as próprias conclusões. Que riquezas foram produzidas pelo Grupo EBX? Foram produzidos produtos ou serviços que tem as duas características intrínsecas que definem como sendo riqueza? Você, empreendedor, está produzindo a verdadeira riqueza com muito valor intrínseco? Qual o grau da sua grandeza interior? Qual é o padrão de pensamento: costuma falar sobre abundâncias ou faltas? Tem mente rica e gosta de lugares e ambientes que os ricos frequentam ou mente pobre que pechincha tudo, quer gastar o menos possível em tudo e se contenta com coisas baratas?

Orlando Oda
Administrador de empresas, mestrado em administração financeira pela FGV

COMENTÁRIOS ()