Sbado, 22 de Janeiro de 2022 |

Opinião

Violência contra cidadão

Por Redação em 09 de Novembro de 2012


Revoltado com a cena que testemunhei na madrugada de segunda-feira, 05, na Avenida Getúlio Vargas, próximo à Parada 47, quando três garis que recolhiam lixo dos containeres, covardemente, batiam em um homem, que em vão tentava se defender, trago o assunto a público como forma de provocar algum tipo de reação ou providência dos responsáveis ou autoridades.
Segundo fui informado a agressão ocorreu porque o cidadão questionou os garis sobre e lixo que cai dos containeres e fica espalhado pelas ruas. Esta pergunta teria sido o motivo da revolta e da agressão desmedida contra o homem: perguntar sobre um serviço público de interesse do cidadão.
A comunidade alvoradense não pode ficar a mercê desse tipo de agressão, no caso praticada contra um trabalhador que se dirigia ao seu local de trabalho, mas que pode ocorrer contra qualquer um de nós, visto tratarem-se de pessoas completamente despreparadas para o exercício de qualquer função pública.
Acrescente-se que toda a agressão foi , complacentemente, acompanhado pelo motorista do caminhão, sem que este esboçasse qualquer tipo de ação. E o trabalhador? Como ficou? Quem vai se responsabilizar pelo que lhe aconteceu?

Um cidadão amedrontado e preocupado

COMENTÁRIOS ()