Sbado, 29 de Janeiro de 2022 |

Receitas

Receita da Renata: Filé Wellington

Por Redação em 04 de Setembro de 2015


Segundo conta a história, o Duque de Wellington tinha esta receita como sua preferida. Este prato parece nunca perder o charme e mantém-se “altivo” na gastronomia desde os tempos passados. A combinação da crocância da massa folhada com a suculência do filé é, sem dúvidas, um clássico surpreendente e saboroso. Aqui em casa preferimos substituir o tradicional purê que recobre a carne por cogumelos apenas salteados. Mas isso é uma questão de gosto. Podes abusar da criatividade e dar o seu toque pessoal a esta receita. O que não podemos mudar é a deliciosa textura da massa e o perfeito tom “rosado”da carne.

Filé Wellington
Serve: 5 porções

Ingredientes para o filé:
1 kg de filé mignon (opte por peças não tão volumosas, pois será mais fácil o cozimento)
800 g de cogumelos
2 colheres sopa mostarda Djon
500 g de massa folhada
300 g de presunto parma
3 colheres de sopa de azeite
1 gema
Tomilho
Sal
2 dentes de alho esmagados

Ingredientes para o purê:
500 g de ervilhas congeladas
2 colheres sopa de manteiga
1 xícara de leite morno
Sal

Ingredientes para o crocante batata doce:
1 batata doce cortata em tirar muito finas
Sal
Óleo para fritar

Modo de preparo:
Pré aquecer o forno a 180° C. Temperar a carne com sal e reservar. Em uma frigideira antiaderente saltear os cogumelos com uma pitadinha de sal. Em uma panela aquecer bem o azeite, juntar o alho esmagado, tomilho e selar a carne. Esta deve ser corada por todos os lados. Retire da panela e passe a mostarda por toda peça de carne. Abra a massa sobre uma assadeira untada com manteiga e coloque o filé no ínício de um dos lados da massa. Cubrir a carne com os cogumelos e com o presunto. Enrolar a carne com a massa e fechar também as pontas. Pincelar com a gema por toda a superfície da massa e levar ao forno por 40 minutos.
Levar uma panela com água ao fogo (somente o necessário para cobrir as ervilhas) alto e juntar as ervilhas, o sal e deixar ferver ate que as mesma estejam cozidas. No liquidificador ou com o auxílio de um mixer, reduzir as ervihas a purê. Colocá-las em uma panela com mateiga e o leite e mexer bem até alcançar uma consistência cremosa. Retificar o sal se necessário.
Aquecer bem o óleo em uma panela pequena e fritar as tiras de batata doce. Acrescentar sal.
Servir uma porção do filé acompanhado pelo purê e crocante de batata doce. Podes decorar com salsa.
Novos saberes ótimos sabores!

COMENTÁRIOS ()