Sexta-Feira, 01 de Julho de 2022 |

SIMA

Mais salário, formação e segurança para a valorosa Guarda Municipal

Por Redação em 20 de Maio de 2022


O crescimento da criminalidade nos municípios brasileiros e a pressão por mais segurança local passou a exigir dos governos que fossem além da insuficiente atuação dos organismos policiais em nível federal e estadual no enfrentamento da violência. Daí os governos municipais foram chamados a participar ativamente da segurança pública, por estar mais próximos dos problemas enfrentados pela população.

As guardas municipais Civil, Patrimonial e de Trânsito são hoje uma alternativa a segurança pública para os municípios, que anteriormente assistiam ao aumento da criminalidade nas cidades e sequer atuavam na proteção dos espaços públicos.

É competência geral das guardas municipais a proteção de bens, serviços, logradouros públicos municipais e instalações do município, atuando na manutenção da ordem social.

SEGURANÇA PARA OS AGENTES DE SEGURANÇA

Diante da importância da corporação para Alvorada, o SIMA vem cobrando do Governo Appolo mais investimento na segurança dos integrantes dessas forças, através da compra patrimoniada de armamento e munição, fardamento, colete à prova de balas, viaturas e fornecimento do Equipamento de Proteção Individual (EPI). Também a criação e regulamentação do estande de tiro e de uma Academia de Formação contínua para os agentes.

Consideramos vital que o município crie repartições de caráter público, como Procuradoria e Ouvidoria, que sejam capazes de agir de forma imparcial, com o acompanhamento da representação sindical e da coletividade. Por ser o instrumento da manutenção da ordem pública, a atuação dos órgãos da segurança deve ser monitorada pela sociedade, em nome da transparência e da segurança dos agentes.

FORMAÇÃO - O SIMA é um defensor da formação permanente para as três guardas. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Alvorada levantou a questão na Câmara dos Vereadores, a partir do entendimento de que há uma única força na segurança pública do município, independente da nomenclatura e atribuições diferentes.

DESVIO DE FUNÇÃO

Frequentemente, os guardas municipais são vistos em porta de bancos, fazendo a segurança com carro comprado com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), recebidos pela Secretaria Municipal de Educação (SMED), e que por isso deveriam fazer a ronda exclusiva nas escolas de Alvorada. A responsabilidade de policiar instituições bancárias cabe ao Governo do Estado, que coordena a ação da Polícia Militar, órgão policial melhor preparado e que dispõe de armamento apropriado.

MAIS SALÁRIO E NÃO PENDURICALHOS!

Portanto, Governo Appolo, olhe para a Guarda Municipal com humanidade, pois esses trabalhadores têm exposta sua integridade física e a própria vida! Como exemplo, apontamos os adicionais concedidos pela administração à Guarda na campanha salarial, que não aumentaram o salário nominal e nem incidem sobre os direitos sociais e aposentadoria.

COMENTÁRIOS ()