Quinta-Feira, 27 de Janeiro de 2022 |

SIMA

SIMA amplia debate pela criação da Escola de Gestão popular em Alvorada

Por Redação em 03 de Dezembro de 2021

(Foto: Divulgação)


Uma reunião histórica, realizada na sede do SIMA, em 30/11, colocou na mesma mesa lideranças sociais dispostas a apontar os rumos da Escola de Gestão, um espaço de formação constante para Servidores e comunidade. Como principal convergência entre as lideranças presentes o entendimento de que a Escola de Gestão tem o potencial de ser um polo de formação democrática dos cidadãos, para o bem de Alvorada.

Diante de um governo municipal que desrespeita os Servidores e despreza as necessidades reais da população, é preciso unir esforços nos campos da educação e da formação profissional para então avançar no campo da assistência social, da informação e da promoção de atividades culturais.

E para construir de uma escola de caráter popular será preciso aglutinar todos os setores da sociedade dispostos a promover a inserção social de segmentos marginalizados por uma crise social aguda e por uma administração pública incapaz de atuar em favor da comunidade.

CONSELHO PLURAL

A criação de uma escola de cidadania requer a construção de um conselho gestor plural, que delibere sobre o funcionamento e os objetivos práticos a ser alcançados, assim como das ações que darão continuidade ao projeto, que se apresenta como um grande guarda-chuva social.

Além do SIMA, integram o grupo pioneiro o Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), da União das Associações de Moradores de Alvorada (UAMA), a Organização Não-Governamental (ONG) Umbuntu e o Instituto Cresça com Segurança, entidades que destacam o protagonismo das organizações sociais

Embora tenhamos passado pelo período da escravidão, existem milhares de alvoradenses que descendem de afrodescentes e que vivem em uma "senzala mental e social", sem acesso ao atendimento digno de saúde e a meios de transporte. A intenção desse projeto visa justamente beneficiar essa parcela da população, que é excluída do acesso aos benefícios sociais.

INTERCÂMBIO

Rodinei Rosseto e José Luiz Júnior representaram o SIMA em reunião ordinária da União Geral dos Trabalhadores dos Rio Grande do Sul (UGT-RS), em 23/11, na qual foram apresentados os benefícios do intercâmbio com a Confederação de Sindicatos Cristãos da Bélgica (CSC), entidade que pode ser parceira no projeto inovador da Escola de Gestão.

O SIMA e as entidades que compõem o grupo estão assumindo a responsabilidade de enfrentar esse cenário duro de pandemia, de pandemônio e de miserabilidade forte da população brasileira e de Alvorada. A Escola de Gestão se apresenta como um instrumento capaz de promover a superação dessa realidade desfavorável ao cidadão alvoradense.

COMENTÁRIOS ()