Sexta-Feira, 18 de Junho de 2021 |

Você Lembra?

1521 – FUNÉ

Por Redação em 14 de Maio de 2021


Funé, o nosso entrevistado nesta edição, foi mais um polivalente de nosso futebol. Atuava com igual eficiência nas laterais e na meia cancha. O seu nome completo é José Afonso Silva, sendo carioca de Três Rios onde nasceu no dia vinte e seis de novembro de 1975. Iniciou suas atividades esportivas na base do Grêmio em 1993. Em 1996 já profissionalizado integrava uma equipe que jogava com Silvio; Marco Antônio; Luciano, Scheidt e Cristiano; André Vieira, Gelson, Vagner Mancini e Funé; Jacques e Humberto. Depois de uma passagem pelo Pelotas, no ano de 2000 foi contratado pelo São José que era escalado com Maicon; Funé, Pessaly, Leandro Carlos e Sidney; Ludo, Caçapa e Grizzo ; Vagner, Jetson e André Rosa. Funé considera que Sérgio Pollo, o Sérginho, Luiz Felipe Scolari, José Henrique Veiga e Ivo Wortmann foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo. Os melhores laterais que viu em ação foram Arce, Luiz Carlos Winck, Athirson, Roger, Marco Antônio, Cafu, Roberto Carlos, Maicon e Daniel Alves. Os melhores ponteiros que enfrentou foram Bolacha, Paulo Leandro, Paulo Nunes e Carazinho. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo Grêmio X Portuguesa de Desportos em 1994, jogo válido pela Taça Londrina. Foi um chute de perna esquerda do meio do campo. O seu ídolo nos gramados é Arthur Antunes Coimbra, o Zico. Hoje Funé reside em Caxias do Sul onde é funcionário da Industria Marco Polo. O apelido Funé lhe foi colocado pelo seu pai. Assim, resgatamos a história futebolística de José Afonso da Silva, o Funé que foi mais um polivalente de nosso futebol.

COMENTÁRIOS ()