Tera-Feira, 27 de Julho de 2021 |

Você Lembra?

1505 – CLEBER

Por Redação em 15 de Janeiro de 2021


Lamentavelmente esta edição do nosso “Você Lembra?” é uma homenagem póstuma ao Cleber Eduardo Arado, que faleceu no último dia dois de janeiro. Cleber foi um excelente meia atacante que brilhou no futebol paulista, paranaense, japonês e espanhol. Ele era natural da cidade paulista de São José dos Campos, onde nasceu no dia onze de outubro de 1972. Iniciou suas atividades esportivas n o América de sua cidade natal em 1990. Em 1995 foi contratado pelo Mogi Mirim. Em 1996 foi para o futebol japonês atuar no Kioto Sanga. Em 1998 retornou para o futebol brasileiro para defender o Coritiba. A equipe do “Coxa” formava com Edilson; Alexandre, Zambiazi, Sandro e Clodoaldo; Reginaldo, Vagner Mancini e Cleber; Jajá. Basilio e Alaor. No ano seguinte o Coritiba ia a campo com Régis; Márcio Goiano, Gelson Baresi, Flávio e Rubens Junior; Struway, Dirceu e João Santos; Cleber, Sandoval e Sinval. No mesmo ano foi para o futebol espanhol, pois foi contratado pelo Merida. No ano de 2000 retornou ao Coritiba integrando uma equipe que jogava com Gilberto; Reginaldo Araújo, Leonardo, Luiz Carlos e Carlos Roberto; Ataliba, João Santos e Leandro Tavares. Cleber, Brandão e Carlos Zara. No ano de 2002 foi para a Portuguesa de Desportos que ia a campo com Bosco; Alexandre Chagas, Alex Xavier, Ageu e Ivandro; Marcos Vinicius, Cleber e Da Nilo; Alex Alves, Ricardo Oliveira e Arilson. Depois de uma passagem pelo Avaí, Cleber em 2004 foi contratado pelo Ceará que atuava com Marcelo Silva; Cafu, Alan, Nielsen e Perus; Marcelo, Claudinho Baiano, Vagner Mancini e Amarildo; Cleber e Sérgio Alves. No ano seguinte Cleber encerrou suas atividades como atleta profissional no Etti Jundiai. Cleber considera que os melhores treinadores que teve a orientá-lo foram Rubens Minelli, Pedro Rocha e Abel Braga. Os melhores meias atacantes que viu em ação foram João Santos, Marquinhos Rosa e Darci. Os melhores marcadores que enfrentou foram Adilson Batista, Odvan e Hierro. O seu gol inesquecível foi marcado na decisão campeonato paranaense, quando o Coxa se sagrou campeão após dez anos de jejum. Os seus ídolos são Pedro Rocha como treinador e Eder como jogador. Cleber residia em Curitiba. Assim, resgatamos a trajetória futebolística do Cleber Eduardo Arado, que lamentavelmente veio a falecer no segundo dia deste ano, vitimado pela Covid 19.

COMENTÁRIOS ()