Quinta-Feira, 21 de Outubro de 2021 |

Você Lembra?

1507 – BIGU

Por Redação em 29 de Janeiro de 2021


Bigu, o nosso entrevistado nesta edição foi um excelente meia cancha, que marcou presença em clubes de vários estados brasileiros e do exterior. O seu nome completo é Ademir Chagas, sendo natural da cidade do Rio de Janeiro, onde nasceu no dia dezessete de janeiro de 1964. Iniciou suas atividades esportivas nas divisões inferiores do Flamengo. Em 1983 a equipe do rubro negro carioca jogava com Raul; Leandro, Marinho, Mozer e Junior; Elder, Bigu, Adilio e Zico; Robertinho e Baltazar. Em 1984 o “Mengo” jogava com Fillol; Leandro, Figueiredo, Marinho e Junior; Andrade, Adilio e Bigu; Tita, Nunes e Lico. No ano seguinte o clube da Gávea ia a campo com Fillol; Bigu; Leandro, Guto e Adalberto; Andrade, Adilio e Chiquinho; Heider, Bebeto e Julio César. Em 1986 foi contratado pelo Vitória que era escalado com Ademir Maria; Roberto Silva, Brasilia, Alexandre e Lula; Bigu, Adilson e Ataíde; Heider, Dede e Edu. Bigu permaneceu no rubro negro baiano até 1989 integrando uma equipe que atuava com Robson; Dema, Sérgio Odilon, Beto e Luciano; Bigu, Reginaldo e Alberto; Quirino, Cláudio José e Hugo. Posteriormente Bigu foi para o exterior. A partir de 1990 defendeu clubes no exterior. Em 1994 retornou para o futebol brasileiro para atuar no América carioca. A seguir atuou no Rio Branco capixaba, Moto Clube, Santo André, Paysandu, São Caetano para finalizar sua movimentada carreira como atleta de futebol no Marauense de São Paulo. Bigu considera que Carlinhos e Mário Sérgio foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo. Os melhores volantes que viu em ação foram Andrade e Falcão. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo Vitória X Catuense. Foi o gol do título. Ontem seu ídolo nos gramados foi Zico. Hoje é Neymar. Atualmente Bigu reside em São Caetano do Sul- SP onde possui uma escolinha de futebol. Assim, resgatamos a história futebolística de Ademir Chagas, o Bigu que inegavelmente foi um excelente meia cancha que marcou presença em vários clubes brasileiros e do exterior.

COMENTÁRIOS ()