Quinta-Feira, 05 de Agosto de 2021 |

Você Lembra?

1512 - JAIR

Por Redação em 12 de Março de 2021


Jair, o nosso entrevistado nesta edição, foi um bom lateral direito com marcantes passagens em vários clubes gaúchos e catarinenses. O seu nome completo é Jair Rodrigues, sendo natural de Santa Rosa, onde nasceu no dia vinte e dois de fevereiro de 1967. Iniciou suas atividades esportivas no Pelotas em 1984. Em 1987 o “aúreo cerúleo jogava com Juarez; Jair, César, Eugênio e Fábio; Doraci, Sérgio Peres e Luiz Carlos; Lambari, Júlio e Diego. Em 1990 o clube do Estádio da “Boca do Lobo” atuava com Juarez; Jair, César, Alamir e Paulinho; Suca, Paulo Roberto e Délcio; Veneza, Vander e Biro Biro. Em 1991 foi contratado pelo Caxias. No ano seguinte foi para o Grêmio Santanense. Em 1993 retornou para Caxias do Sul contratado pelo Juventude que era escalado com Paulo César; Jair, Amarildo, Sandro e Baiano; André, Delacir e Pedro Haroldo; Veneza, Fábio e Édson. Em 1995 foi para Santa Maria contratado pelo Inter local. No ano seguinte foi para Venâncio Aires para defender o Guarani que ia a campo com Eduardo Heuser; Jair, Kid, Paulo Ricardo e Nivaldo; Julio César, Eldor e Luiz Carlos Gaúcho; Café, Lucianinho e Luiz Fernando. Posteriormente defendeu o Marcilio Dias, o Joinville e o Santo Ângelo onde encerrou suas atividades esportivas no ano de 2000. Jair considera que Paulo de Souza Lobo, o Galego, Luiz Felipe Scolari, o Felipão e o Adenor Bachi, o Tite foram os melhores treinadores que teve a oreintá-lo. Os melhores zagueiros que viu em ação foram Pinga, Célio Silva e Zambiazi. Os ponteiros que lhe deram mais trabalho para serem marcados foram Valdo e Alexandre Xoxó. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo Joinville X Avaí no estádio da Ressacada em 1997. O seu ídolo nos gramados é Arthur Antunes Coimbra, o Zico. Hoje Jair reside em Santa Rosa onde exerce as atividades de Professor de Educação Física e é titular da empresa Arena Gol que possui quadra de futebol society e local para festas. Assim, resgatamos a história futebolística de Jair Rodrigues, o Jair que inegavelmente foi um bom lateral direito que marcou presença no futebol gaúcho e catarinense na década de noventa.

COMENTÁRIOS ()